Equador del Valle vence São Paulo e conquista a Copa América

O Independiente del Valle equatoriano quebrou o monopólio dos times brasileiros nas competições de clubes sul-americanas e ergueu a Copa Sul-Americana.

A vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo no grupo decisivo deu aos equatorianos seu segundo título no segundo torneio mais prestigiado da região.

Lautaro Diaz marcou os dois gols da final disputada no estádio Mario Alberto Kempes, na cidade argentina de Córdoba, aos 13 minutos, e Lorenzo Varavelli, aos 67. Dois jogadores do São Paulo foram expulsos na prorrogação; Jonathan Calleri e Diego Carlos.

O vencedor da Copa Libertadores certamente será um time brasileiro, como é desde 2019; Flamengo e Atlético disputarão o título no dia 29 de outubro. A final da Copa Sul-Americana do ano passado foi disputada entre duas equipes brasileiras, e o Atlético conquistou o título do campeonato.

Di Valle venceu a Copa Sul-Americana em 2019, apenas nove anos depois de ser promovido à primeira divisão no Equador. O clube também disputou a final da Copa Libertadores em 2016 e algumas de suas estrelas agora jogam na Europa; O meio-campista Moises Kaisedou, do Brighton, e o zagueiro do Bayer Leverkusen, Piero Hincape.

(Esta história não foi editada pela equipe do Devdiscourse e é gerada automaticamente a partir de um feed compartilhado.)

READ  Mais Leia notícias portuguesas no WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.