Buenos Aires Times | O Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA visita a Argentina e o Brasil

A Casa Branca disse segunda-feira que o assessor de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, viajará ao Brasil e à Argentina esta semana para fortalecer “relações estratégicas” com os dois países.

“Em sua primeira visita à região, Sullivan se encontrará com importantes aliados não pertencentes à OTAN nas Américas”, disse Emily Horne, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional do governo Joe Biden, em um comunicado.

Além de Sullivan, a delegação itinerante consistirá de altos funcionários do NSC, incluindo Diretor Sênior do Conselho de Segurança Nacional para o Hemisfério Ocidental, Juan Gonzalez, Diretor Sênior de Tecnologia e Segurança Nacional Tarun Chhabra, Diretor Sênior da Cyber ​​Amit Mital, e o Departamento de Estado dos E.U.A. O administrador-chefe do escritório para o Hemisfério Ocidental é Ricardo Zuniga, o atual enviado para o Triângulo Centro-Americano do Norte composto por Guatemala, Honduras e El Salvador.

No Brasil, haverá encontros para “discutir oportunidades para fortalecer a parceria estratégica” entre os dois países, bem como “para melhorar a estabilidade regional, avançar nas metas climáticas, colaborar na infraestrutura digital e ajudar a traçar um caminho de recuperação do COVID 19 pandemia ”, disse Horn.

“Na Argentina, eles discutirão o aumento das relações estratégicas em prioridades bilaterais e regionais, incluindo a recuperação da pandemia, uma cúpula regional sobre o clima, crescimento econômico compartilhado e segurança no hemisfério e em todo o mundo”, diz a declaração.

A Argentina adquiriu o status de importante aliado não-OTAN dos Estados Unidos em 1998, durante o governo do ex-presidente americano Bill Clinton, enquanto o Brasil o adquiriu em 2019, no governo de Donald Trump.

– Times / Agence France-Presse

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.