Brasil se prepara para realizar grande show gratuito de Madonna na praia de Copacabana

RIO DE JANEIRO, Brasil – O tão aguardado show gratuito de Madonna na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, virou o bairro de cabeça para baixo, com a expectativa de mais de um milhão de fãs presentes – mas para o morador aposentado Mario Renato Borges, é o mínimo que a cantora merece.

Alguns cartazes escreviam “Hello Queen” perto do enorme palco montado na praia brasileira, onde Madonna fará no sábado o maior show de seus 40 anos de carreira e sua última “turnê de comemoração”.

A cantora norte-americana de 65 anos chegou à cidade costeira na segunda-feira, depois de mais de 80 concertos na Europa, Estados Unidos e México. Esta será sua única parada na América do Sul.

A cantora de “Like A Virgin” e “Material Girl” viajou ao Brasil com três aviões e 270 toneladas de equipamentos, segundo sua produtora.

Ela montou acampamento no luxuoso hotel Copacabana Palace, conectado ao palco por uma plataforma suspensa sob a qual dezenas de fãs se aglomeraram esta semana, na esperança de ver a estrela pop.

A maior pista de dança

Graças à entrada gratuita, os organizadores esperam que o show de Madonna seja realizado na “maior pista de dança do mundo”, com capacidade para até 1,5 milhão de pessoas – número que os Rolling Stones só alcançaram na mesma praia em 2006.

“O trânsito está caótico, mas o show vai ser maravilhoso, principalmente porque ela é Madonna, a Rainha do Pop”, disse Borges, que mora no bairro do Leme, no final da Praia de Copacabana.

A quarta apresentação de Madonna no Rio contribuirá com cerca de R$ 293 milhões (US$ 57 milhões) para a economia local, uma renda 30 vezes maior do que o investido pelas autoridades municipais, segundo a prefeitura.

READ  "ao infinito e além!" ESPN, The Walt Disney Company e NFL trazem aos fãs uma apresentação inédita e totalmente animada dos Falcons e Jaguars alternativos da NFL no icônico universo "Toy Story" da Pixar

Espera-se que cerca de 150 mil estrangeiros cheguem à cidade, já que a maioria dos hotéis já está lotada.

“Este será sem dúvida um dos maiores eventos internacionais do Rio. Vai impulsionar a nossa economia e atrair turistas do Brasil, da América Latina e de todo o mundo”, disse a ministra do Turismo da cidade, Daniela Maia.

Retorno do espartilho cônico

É claro que a febre de Madonna pode ser vista no Rio – apelidada de “cidade maravilhosa” – à medida que as horas passam para sua apresentação.

Na Lex Press, no popular bairro comercial do centro de Sarah, as músicas de “Material Girl” são tocadas repetidamente para inspirar os fiéis que podem escolher entre leques, chapéus ou canecas personalizados.

A diretora da festa, Lívia Reis, 23 anos, disse à AFP que sua loja se tornou viral nas redes sociais logo após o anúncio da festa, graças a um influenciador que visitou a loja inspirada em Madonna.

“Um homem veio e tirou uma foto e um vídeo e enviou para um fã-clube com 150 mil seguidores em Portugal. A partir daí, passou para o TikTok e Instagram”, disse ela.

Um item particularmente popular é uma réplica do espartilho cônico criado pelo designer francês Jean Paul Gaultier, que Madonna usou no palco em 1990.

“Está funcionando muito bem”, disse Reese, que é vendida como sutiã ou top, e espera que haja “filas na porta” nos dias que antecedem a cerimônia.

Patrulhas nas esquinas

“Toda essa atividade é boa para o turismo, hotéis e restaurantes”, disse Borges, um carioca de 68 anos. “Mas esperemos que a segurança esteja à altura da tarefa”.

READ  Morre influenciadora Larissa Borges aos 33 anos: Qual foi a causa de sua morte?

A Prefeitura de Copacabana preparou uma operação equivalente às comemorações do Réveillon em Copacabana, uma das operações mais famosas do mundo que costuma levar à morte cerca de um milhão de pessoas.

A “Operação Madonna” contará com o envio de cerca de 4.500 agentes, operando com drones e câmeras de reconhecimento facial. Haverá patrulhas policiais em quase todas as esquinas do bairro.

Nigella Alves, 54 anos, que trabalha para uma empresa de controle de pragas, estava a caminho da casa de um cliente quando parou para tirar uma foto do impressionante palco montado para Madonna.

“Sempre a amarei. Madonna é imortal”, disse ela à AFP, acrescentando que planejava adiar sua chegada no sábado para evitar que a multidão avançasse para a frente do palco.

Relacionado: Manila Luzon se junta a Madonna para apresentação na “Vogue”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *