Autoridades brasileiras dizem que os registros de vacinação de Bolsonaro no Brasil são falsos

BRASÍLIA: Os registros de vacinação do ex-presidente Jair Bolsonaro são falsos, disse a Controladoria-Geral do país na quinta-feira, após uma investigação sobre suposta manipulação de informações em seu cartão de vacinação contra o coronavírus.

Bolsonaro, um cético da COVID-19 que se opôs publicamente à vacina, recebeu uma dose da vacina em um centro de saúde público em São Paulo em julho de 2021, mostram os registros.

Mas a investigação concluiu que o ex-presidente deixou a cidade no dia anterior e só saiu de Brasília três dias depois, segundo comunicado.

A enfermeira listada nos autos como tendo administrado a vacina a Bolsonaro negou ter feito isso e não trabalha mais no centro. A Controladoria-Geral da República informou que o lote de vacinas listado também não estava disponível naquela data.

Ela acrescentou que o registro de outras duas doses da vacina que deveriam ser administradas a Bolsonaro foi apagado de seu cadastro antes mesmo do início das investigações, explicando que também eram falsas.

Em maio passado, a Polícia Federal invadiu a casa de Bolsonaro em Brasília como parte da investigação da vacina. Alguns de seus assessores foram presos e seu celular foi confiscado.

Bolsonaro já negou conhecer ou ter ordenado a inclusão de informações falsas em seus registros de vacinação.

Seu advogado não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Durante seu mandato, Bolsonaro minimizou repetidamente a importância das medidas de imunização e distanciamento social durante a pandemia. Ele afirmou muitas vezes que não havia sido vacinado contra a doença e que não o faria.

Também negou a eficácia das vacinas e espalhou preocupações sobre possíveis efeitos secundários da imunização, chegando ao ponto de associar falsamente a vacina ao desenvolvimento da SIDA.

READ  Aumento da contagem de pólen - notícias de Portugal

Bolsonaro contraiu a Covid-19 em julho de 2020, quase um ano antes de sua primeira vacina ser registrada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *