Anglo American integra data centers Minas-Rio no Brasil com a arquitetura de hiperconvergência da Dell

Enviado por Paul Moore em 27 de janeiro de 2021

A mineração Anglo American tem buscado um ambiente que possa lidar com tempos de processamento heterogêneos – com alta e baixa demanda – bem como gerenciamento padronizado de componentes de data center – em suas operações de minério de ferro em Minas Río, Brasil. O projeto foi desenvolvido com base na solução de nuvem privada da Dell, que centralizou o gerenciamento ambiental e reduziu os incidentes que estavam ocorrendo em ambos os data centers críticos.

A mineradora opera Minas Río com dois data centers que monitoram todo o sistema produtivo – um localizado próximo à mina de minério de ferro Conceica do Mato Dientro, em Minas Gerais, e outro no final de um mineroduto de transporte de minério de ferro, no porto de São João da Barra, no Rio de Janeiro.

O projeto Anglo American integrou servidores, sistemas de armazenamento e switches, para unificar a gestão no conceito de superconvergência com o Dell EMC VxRail, que se tornou a base da nuvem privada da Anglo American. O credenciamento VxRail é sugerido pela equipe global de engenharia de TI da Anglo American.

Nessa empreitada, essa oportunidade é identificada por uma consultoria em inovação digital, Portnet Tecnologia, parceira de negócios da Dell ao serviço da Anglo American. O projeto foi criado em conjunto pela Dell e Portnet, e as soluções para hiperconvergência foram implementadas pelos próprios especialistas da Dell.

“Esses dois data centers são extremamente importantes, pois os dados produzidos em toda a cadeia de extração de minério de ferro são recebidos e processados, desde a pressão da bomba, o volume nos dutos de minério, a vida útil do equipamento e do caminhão e, por fim, os detalhes de embarque do minério . ”Coordenador de Tecnologia da Informação Industrial da Anglo American:” Os aplicativos em execução nesses data centers realizam análises preditivas e geram alertas em caso de problemas potenciais. “

Os data centers também processam dados de laboratório sobre conformidade bruta com as especificações do cliente. “Com a adoção da ultraconvergência, todas as informações dos sensores agora são integradas a servidores gerenciados centralmente, em uma arquitetura à prova de falhas com dados replicados para ambos os sites”, diz Santana.

READ  Global Palm Wax Market 2020 Estratégias de Negócios - Foncepi, Cerasmel Relumay, Brasil Ceras, Carnauba do Brasil - Jumbo News

A possibilidade da Anglo American Brasil dar esse salto rumo a uma estrutura hiperconvergente surgiu a partir da utilização dessa tecnologia pela Anglo American em Londres, no Reino Unido, sede global da empresa. Profissionais da sede da empresa pediram a seus colegas brasileiros que estudassem a possibilidade de aplicar esse conceito nos data centers de Conceição do Mato Dentro e São João da Barra. Ao final desse processo de avaliação, o projeto foi desenvolvido e o sistema implantado em oito meses.

Os data centers Anglo já possuem serviços virtuais com VMWare e VSAN, e o conceito de hiperconvergência reduziu muito a complexidade do gerenciamento de banco de dados, aplicativos e software de terceiros. Todos os elementos do data center agora são gerenciados a partir de um único ponto de monitoramento e controle, reduzindo acidentes como o tempo de inatividade do sistema e o risco de não ter espaço para armazenar dados.

A hiperconvergência não é um produto, mas um conceito de processamento que consiste em VxRail e Dell Data Domain, que unifica soluções virtuais. Dell Data Domain é um sistema de backup que determina automaticamente a quantidade de armazenamento necessária de acordo com a quantidade de dados. O servidor lê rapidamente e está pronto para recuperar grandes quantidades de dados em ambos os data centers.

“Além dessa camada de proteção, todos os dados são gravados em fita LTO para um backup adicional”, explica Santana. Outro recurso de hiperconvergência é o RecoverPoint. Em um backup normal, os dados são restaurados por período (horas ou dias) e nem sempre são completos. O RecoverPoint permite que você recupere dados na programação de uma maneira configurável, fazendo a transferência de dados entre a nuvem pública e privada sem perder informações. Além disso, os dados são replicados bidirecionalmente por meio dos data centers. Bancos de dados hospedados em Conceição do Mato Dentro (MG) e São João da Barra (RJ) são copiados de um site para outro por meio de uma ferramenta de banco de dados. Tudo o que é processado é salvo em um data center e enviado como uma cópia de backup para o outro data center.

“O conceito de hiperconvergência é adequado para a nuvem privada, pois integra hardware e software, que são atualizados automaticamente, por meio do gerenciamento unificado da Dell”, explica Gilbert Emmanuel, responsável pelo negócio de hiperconvergência da Portnet. “O fato de a Anglo American estar usando hiperconvergência para elevar o nível de maturidade de dois data centers focados no processamento de dados de TI industrial é muito inovador e um dos marcos da economia digital de nosso país.”

READ  Mercados emergentes - Brasil real lidera perdas para câmbio latino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *