A Vale está livre das garras do Estado?

Superestimando o acesso de Lola às decisões da Vale

Há três semanas, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva Eu tentei influenciar Quem será o próximo CEO da gigante mineradora Vale, uma das maiores produtoras mundiais de minério de ferro e níquel?

Ele pediu ao Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, que contatasse alguns dos maiores acionistas da empresa e propusesse que Guido Mantega, ministro da Fazenda do Brasil entre 2006 e 2015, fosse nomeado novo CEO.

Pressentimento. Além de ser alvo da investigação da Operação Lava Jato, o nome de Mantega ficou ligado às impropriedades financeiras de Dilma Rousseff, já que ela foi formalmente acusada de falsificar livros do governo para esconder a extensão do problema de déficit do Brasil durante sua campanha à reeleição em 2014. Isso levou ao seu impeachment em 2016.

Status de jogo. O mandato do atual presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, termina em maio. Os membros do conselho de administração da empresa podem optar por prorrogá-lo ou substituí-lo. Sob pressão do governo e da empresa Atrasado Uma reunião do conselho está marcada para 6 de fevereiro, mas as tensões permanecem.

  • Os membros do conselho querem mais tempo para analisar o desempenho do Sr. Bartolomeo e desenvolver uma lista de candidatos para o cargo, que poderia incluir outros nomes além do atual CEO.

por que isso Importa. O mercado não acolheu bem as tentativas de intervenção do governo. Os acionistas da empresa leram sobre o movimento de Lula em direção…

Fabian Zeola Menezes

Fabian, ex-editor-chefe do LABS (Latin American Business Stories), tem mais de 15 anos de experiência em reportagens sobre negócios, finanças, inovação e cidades no Brasil. Este último recentemente a trouxe de volta à sala de aula e fez com que ela fizesse mestrado em Gestão Urbana pela PUCPR. Na TBR, você monitora a política econômica, as empresas revolucionárias e as pessoas que impulsionam a inovação na América Latina.

READ  Fortes chuvas e inundações matam dezenas na "cidade imperial" do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *