A Espanha dá vida a Portugal e recebe a final da Liga Europeia de Hóquei

MADRID, 19 de novembro (imprensa europeia) –

A equipa espanhola de hóquei em patins (9-10) rendeu-se a Portugal nesta quinta-feira e deixou uma passagem para a final europeia a quatro minutos do fim, dando vida ao seu eterno rival e agora obrigada a jogar o passe com a França, que também ambiciona lutar pela o título.

El Clásico nunca desilude e provou-o mais uma vez. Na cidade portuguesa de Paredes, o mandante fez 9-7, com dois gols no último minuto, para somar sete pontos, à semelhança da Espanha, e aspirar a uma final mais perto da França (10).

Uma vitória de Guillem Capestani teria mantido definida a final de sábado, entre os espanhóis – em busca do 18º título – e os gregos, mas agora, os dois se enfrentam na sexta-feira do último dia, com gol contra de Pau Bargallo e outro de José Costa que causou orgasmo no campeão mundial.

A Espanha mandou seu rival ibérico para o tabuleiro várias vezes. O time espanhol saiu na frente por duas vezes no primeiro tempo, mas com bastantes acertos, o mandante chegou ao limite do primeiro tempo com o placar de 2 a 4. Um livre rápido e um cartão azul permitiram à Espanha empatar no último minuto (4-4).

A segunda parte manteve Portugal tenso e a Espanha marcou vários jogos com dois golos. O Gerão levantou-se por baixo dos palitos e Alves castigou todos os pênaltis ou falta direta (6-6 a nove do final). Bargalló também aproveitou o ataque e deu 9-7 a meia entrada para os espanhóis, também comandados por Serge Panadero.

O Festival dos Golos salvou mais um fogo de artifício de última hora, já que Costa foi campeão de Portugal que se agarrou ao campeonato, e agora vai haver um duelo acessível contra Andorra na final. Um golpe para a Espanha, embora a defesa do título ainda esteja próxima.

READ  Lionel Messi ganha 7ª Bola de Ouro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *