A brasileira Eletrobras e sua unidade Iberdrola trocam participações em energia no valor de US$ 148 milhões

SÃO PAULO (Reuters) – As empresas brasileiras de energia Neunergia (NEOE3.SA) e Eletronorte, subsidiária da Eletrobras (ELET6.SA)Na sexta-feira, concordou em compartilhar swaps no valor de 787,8 milhões de riais (US$ 148 milhões), em movimentos que essencialmente trocariam participações em usinas hidrelétricas.

Pelo acordo, a Neoenergia – controlada pela espanhola Iberdrola (IBE.MC) – adquirirá participação de 49% na Usina Hidrelétrica de Dardanelos, 0,04% na Neoenergia Coelba e Neoenergia Cosern e na transportadora Afluente T.

A Eletrobras, por sua vez, adquirirá 51% de participação na Usina Hidrelétrica Teles Pires, passando a deter a totalidade da empresa, e 51% da Neoenergia no consórcio construtor da UHE Baguari.

Isso dará à Eletrobras 66% dos ativos da UHE Baguari, informou a empresa em comunicado conjunto com a Neoenergia.

A Eletrobras disse que o acordo elevará sua capacidade instalada para 872 MW e aumentará a geração operacional de caixa em R$ 397 milhões anuais.

O negócio ainda está sujeito à aprovação dos credores e do CADE, regulador antitruste do Brasil.

(US$ 1 = 5,3140 riais)

(Reportagem de Nyara Figueiredo). Edição por Muralikumar Anantharaman

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

READ  Como as APIs ajudam a impulsionar o comércio entre fronteiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *