1-Atualização do Banco do Brasil supera estimativa de lucros com provisões mais baixas

(Atualizações com detalhes dos resultados)

Escrito por Carolina Mandel

São Paulo (Reuters) – O banco estatal Banco de Brasil divulgou na quinta-feira mais do que o esperado no primeiro trimestre, e é o último banco brasileiro a ajudar a cortar provisões para créditos de liquidação duvidosa.

O lucro líquido recorrente, que exclui itens não recorrentes, aumentou 44,7% para 4.913 bilhões de riais omanis, acima da estimativa de 4.041 bilhões de riais arrecadados pela Refinitiv.

O ritmo vem em um momento em que analistas e investidores estão ansiosos para ouvir sobre o CEO Fausto Ribeiro, que foi nomeado para dirigir o banco depois que o ex-presidente Andre Brandau renunciou após uma disputa com o presidente Jair Bolsonaro sobre um plano de redução de custos.

As medidas visavam aumentar a lucratividade do banco e preencher a lacuna em relação aos seus homólogos do setor privado. O Banco do Brasil apresentou rentabilidade sobre o patrimônio líquido de 15,1% no primeiro trimestre, 3 pontos percentuais acima do trimestre anterior.

O banco reduziu suas provisões para créditos de liquidação duvidosa em 54,2% em relação ao ano anterior, em um sinal de que sua administração acredita que alocou recursos suficientes para o impacto econômico da pandemia. No início desta semana, os concorrentes do setor privado Itaú Unibanco Holding SA e Banco Bradesco SA relataram quedas semelhantes.

A taxa de inadimplência em 90 dias aumentou ligeiramente para 1,95%, especialmente nos empréstimos de varejo. Com os planos de paciência colocados em prática nos primeiros dias da pandemia expirando, os bancos brasileiros estão começando a apresentar um aumento na defasagem.

A carteira de crédito do banco cresceu 2,2% no trimestre, impulsionada principalmente pela demanda do varejo e do agronegócio.

READ  Portugal está estendendo as restrições de viagens à Espanha até 15 de abril para conter a Covid-19

O Banco do Brasil registrou receita líquida de juros e lucro com empréstimos menos despesas com depósitos de 14,564 bilhões de riais, 4% acima do mesmo período do ano anterior. O banco disse que o custo dos depósitos caiu.

Os custos operacionais permaneceram praticamente estáveis ​​em relação ao ano anterior, mas caíram 4,8% em relação ao trimestre anterior, uma vez que o banco implementou um programa de compra de pessoal.

Na sexta-feira, o novo CEO Ribeiro responderá pela primeira vez a perguntas da mídia e analistas.

As ações do Banco do Brasil caíram quase 23% neste ano, valor abaixo do desempenho de suas contrapartes do setor privado. (Preparado por Carolina Mandel; Edição de Leslie Adler e Christian Plump)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *