UMass Law criou um programa de estudos no exterior na Universidade Católica em Portugal

Dez estudantes da Dartmouth School of Law da Universidade de Massachusetts estiveram em Portugal em maio, no âmbito de um novo programa de estudos no estrangeiro criado em parceria com a Católica Global Law School, em Lisboa.

Acompanhados pelo reitor de direito da UMass, Sam Panarella, e pelo professor de direito civil Richard Peltz-Steele, os alunos estudaram direito comparado em um curso de duas unidades, co-ministrado por professores de ambas as escolas. O grupo também visitou locais culturais e jurídicos em Lisboa e arredores.

Paul Reilly, estudante de direito do primeiro ano da UMass Law, foi questionado sobre o que o convenceu a se inscrever; Ele disse que é importante ter uma visão abrangente do direito internacional.

Riley, um bolsista de direito de interesse público que aspira seguir carreira em direito internacional, possivelmente no Departamento de Estado dos EUA, disse que o novo programa será um trunfo para todos os estudantes de direito.

“Podemos ser um pouco egoístas e focados em como fazemos as coisas aqui neste país, que é único; “Temos nossa própria rica tradição jurídica”, disse Reilly. “Como estudante de direito, é importante ter uma compreensão comparativa de como as coisas são feitas internacionalmente.”

Katie Yates, também estudante do primeiro ano de direito na UMass Law, disse que decidiu participar depois de assistir a um curso de direito civil ministrado pelo Dr.

“É muito importante ganhar experiência em sua educação fora e dentro da sala de aula também”, disse ela.

Portugal, tal como a maioria dos países europeus, tem um sistema jurídico de direito civil, enquanto os Estados Unidos utilizam um sistema de direito consuetudinário.

READ  Netflix com diretores portugueses - The Portugal News

Observando que a missão da UMass Law é “buscar a justiça”, Yates disse que isto não pode ser realizado de forma adequada e eficaz a menos que estejamos abertos a novas perspectivas.

“Sinto que não podemos fazê-lo sem adoptar uma abordagem abrangente, sem aprender o máximo possível sobre o maior número possível de tipos de legislação e sem obter todas essas diferentes perspectivas”, disse ela.

Riley disse que a grande presença portuguesa em Massachusetts tornou o programa mais atraente.

“Isso foi um grande empate para mim”, disse ele. “Já estive muitas vezes na Europa, mas Portugal interessou-me muito porque nesta zona temos uma comunidade luso-americana muito grande.”

O custo do programa é de aproximadamente US$ 7.500, que inclui o custo de passagens aéreas, mensalidades, hospedagem e alimentação. Graças ao financiamento fornecido pelo Centro de Estudos e Cultura Portuguesa da UMass Dartmouth, os estudantes apenas tiveram de pagar cerca de 1.900 dólares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *