Taxa de desemprego no Brasil caiu para 8,9% nos 3 meses até agosto em serviços de emprego

por Jeffrey T. Lewis

São Paulo – A taxa de desemprego no Brasil caiu pela sexta vez consecutiva em três meses em meio à forte criação de novos empregos no setor de serviços.

A taxa de desemprego foi de 8,9% nos três meses até agosto, de 9,1% nos três meses até julho e 13,1% no mesmo período do ano passado, informou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

O número de pessoas com emprego subiu para 99 milhões nos três meses até agosto, de 98,7 milhões nos três meses até julho, enquanto o número de pessoas à procura de trabalho caiu para 9,7 milhões de 9,9 milhões no mesmo período.

A força da economia brasileira e a criação de novos empregos nos últimos meses surpreenderam os economistas que esperavam uma desaceleração. A previsão média de crescimento do PIB este ano em uma pesquisa semanal de economistas do banco central subiu por 13 meses consecutivos, mais recentemente para 2,67%, enquanto as expectativas de crescimento do PIB no próximo ano permaneceram em 0,5% por duas semanas. .

O crescimento do setor de serviços foi particularmente forte, apoiado pelo aumento dos pagamentos de ajuda do governo às famílias pobres, aumento do poder de compra à medida que a inflação desacelerou e crescimento do emprego.

“Esse crescimento está relacionado principalmente à inflação mais baixa”, disse Adriana Berengoy, coordenadora do Relatório de Emprego do Instituto Internacional de Pesquisas Ambientais (IBGE). “Mas a expansão do emprego com carteira assinada e dos empregadores também são fatores que contribuem.”

As atividades que mais geraram empregos nesse período foram o comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas, administração pública, defesa, previdência social, educação, saúde humana e serviços sociais e outros serviços, segundo o instituto.

Escreva para Jeffrey T. Lewis em [email protected]

READ  Brasileira Embraer Recebe Novos Pedidos Da Porter Airlines, Alasca; estoque subindo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.