últimas notícias.

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

Governo de Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

1/5
Please reload

Coronavoucher, phishing e aplicativos falsos

A temporada de pesca está aberta!!!

 

Por Vinicius Mendonça, do Bem Mais Brasília 
Coluna Quadradinho Digital | 14 de Maio de 2020, 18h00

Imagem: Reprodução/Internet 

 

A utilização da técnica de phishing no Brasil aumentou com a divulgação pelo governo federal do auxílio emergencial em decorrência da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). O benefício acabou se popularizando com coronavoucher. Essa técnica é utilizada por cibercriminosos para enganar pessoas no objetivo de conseguir dados, tais como: Cadastro de Pessoa Física (CPF), senhas, informações pessoais e dados de cartão de crédito. A técnica phishing faz alusão a uma pescaria, pois as mensagens (e-mail, Short Message Service (SMS), etc. que parecem ser enviadas por órgãos públicos, bancos ou empresas legítimas são utilizadas para fisgar (enganar) a vítima. As mensagens enviadas são cheias de detalhes e o que leva muitas vezes a vítima ao erro. Os e-mails e os telefones que recebem as mensagens são obtidos a partir de listas vendidas por cibercriminosos.

 

Antes de tudo não existe um software responsável pela detecção de phishing como o antivírus utilizado para detecção de vírus em seu computador.  Os serviços de e-mail geralmente possibilitam que os usuários reportem se um e-mail é uma tentativa de phishing, a partir do feedback a inteligência artificial responsável pela detecção dessa técnica ganhará mais informações para melhorar a precisão de identificação e cada vez menos e-mails desses tipos chegarão a sua caixa de entrada. Logo, a importância de sinalizar ao serviço que o e-mail é uma possível tentativa de phishing

 

Foto: Reprodução/Internet 

 

Ao receber um e-mail suspeito de um Banco, o usuário deve se questionar. Eu tenho conta nesse banco?  Eu tenho cartão nesse Banco? O número do meu cartão está correto? Qual é o motivo da solicitação do código de segurança do meu cartão? O código de segurança do cartão nunca é pedido por meio de e-mail, por exemplo. Se a resposta da(s) pergunta(s) é não, então reporte o phishing.  Além disso, ao clicar em um link presente no corpo do e-mail geralmente é exibido um endereço diferente do utilizado pelo órgão/empresa legítimo no qual o cibercriminoso está querendo se passar.  Esses critérios de identificação são aplicáveis para outras instituições e outros tipos de mensagens feitos os devidos ajustes, inclusive aquelas enviadas por meio de redes sociais. 

 

Além do phishing, outro problema é o surgimento de aplicativos falsos nas lojas. Primeiramente, o endereço de acesso ao aplicativo verdadeiro nas duas maiores lojas de aplicativo é: Play Store e App Store.  O beneficiário deve se atentar ao nome do aplicativo (CAIXA/Auxílio Emergencial) e ao nome do desenvolvedor (Caixa Econômica Federal). Essas informações são importantes na identificação se o aplicativo é verdadeiro ou falso. Qualquer aplicativo que não se enquadre nesses requisitos é imediatamente um aplicativo falso e nunca esqueça de reportar à loja. Sempre suspeite de pessoas se passando de intermediários para ter acesso aos seus dados pessoais por meio de aplicativos de mensagens instantâneas. Os aplicativos falsos são utilizados para coleta de dados pessoas e dados bancários e para sua utilização no saque do benefício, bem como a realização de outros crimes. 

 

Foto: Reprodução/Internet 

 

Em ambos casos, a vítima do golpe obrigatoriamente deve registrar um boletim de ocorrência na polícia principalmente para evitar problemas futuros. Os cibercriminosos se aproveitam do período que a humanidade está passando para tirar vantagem de pessoas emocionalmente e financeiramente vulneráveis. A principal arma de combate aos golpistas é a informação. Os motores de buscas são ótimos para pesquisa de assuntos do seu interesse e também para se informar de assuntos atuais. Os veículos de comunicação tradicionais, tal como televisão, também. A desinformação circula pelo país muito antes da pandemia do coronavírus, a primeiro ao contrário do último já possui cura.

 

Vinícius Mendonça é graduado em Ciências da Computação, com mestrado também na área pela Universidade Federal de Goiás( UFG). A coluna Quadradinho Digital tem a missão de descomplicar a Tecnologia, uma ferramenta cada vez mais presente em nossas vidas.

 

Siga: @euviniciusmendonca

Please reload

comente.
recomendados para você.

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

Governo de Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV