últimas notícias.

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

Governo de Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

1/5
Please reload

Tripulantes do navio Scenic Eclipse são autorizados a desembarcar

Embarcação estava há 26 dias sem parar em nenhum porto

 

Por Flávia Albuquerque, da Agência Brasil 
Saúde | 03 de Abril de 2020, 20h30

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou na noite de ontem (2) o atracamento e o desembarque de 54 tripulantes do navio de bandeira australiana Scenic Eclipse, no Porto de Santos. A embarcação estava há 26 dias sem parar em nenhum porto e não registrou casos de covid-19 a bordo. Antes da autorização, a Anvisa analisou os dados de saúde e as informações da equipe médica a bordo. Os tripulantes desembarcaram para voltar imediatamente aos seus países de origem.

 

O navio estava desde o dia 7 de março sem atracar em nenhum porto, ou seja, um período quase duas vezes maior que a quarentena recomendada de 14 dias. O último porto da embarcação foi em Buenos Aires. A embarcação chegou com 128 tripulantes a bordo e sem nenhum passageiro, pois não estava operando para viagens desde o início de março.

 

Costa Fascinosa

 

Foto: Reprodução/Internet 

 

Também ontem, a Anvisa entrou novamente no navio Costa Fascinosa que permanece atracado em quarentena no terminal santista. Ele estava na área de fundeio do porto desde o dia 17 de março e atracou no terminal de passageiros no dia 28.  Até o momento nove tripulantes desceram por estarem com suspeita de covid-19 e por precisarem de atendimento hospitalar. Os dois últimos desembarcaram na quarta-feira (1). Os nove desembarcados testaram positivo para o novo coronavírus.

 

Durante a segunda inspeção pra verificar se o navio, que tem 755 tripulantes a bordo, está cumprindo as determinações sanitárias da Anvisa, os técnicos da agência verificaram algumas falhas no isolamento entre os passageiros, com a identificação de um tripulante com faringite aguda na área reservada para as pessoas sem sintomas.

 

“Além disso, a pessoa com sintomas estava localizada em uma cabine interna, do meio do corredor. A determinação da Anvisa é que os casos com sintomas sejam colocados em quartos com varanda e que não sejam autorizados a sair das cabines. Qualquer sintoma relacionado ao sistema respiratório deve ser colocado em isolamento na embarcação”, explicou a Anvisa por meio de nota.

 

Os técnicos da Anvisa também verificaram que alguns tripulantes não estavam respeitando o distanciamento mínimo de 2 metros que foi determinado. A situação foi verificada, por exemplo, na proximidade de tripulantes conversando entre uma varanda e outra.

 

Segundo a Anvisa, a Costa Cruzeiros, responsável pelo navio, está obrigada a apresentar todos os dias, até as 21h, os dados de saúde a bordo, a atualização do estado de saúde dos tripulantes internados e o registro de medição de temperatura de todos no navio, que deve ser feita duas vezes ao dia.

 

Quarentena recomeçou

 

A embarcação estava em quarentena desde o dia 19 de março. O prazo de 14 dias recomeçou novamente no dia 30 após o surgimento de casos sintomáticos a bordo. A contagem da quarentena recomeça a cada vez que um novo caso surge. Na prática, isso significa que o período de bloqueio da embarcação segue em vigor e não tem prazo definido para acabar. Conforme a legislação em vigor, o desembarque nestas condições é permitido somente em caso de necessidade de atendimento hospitalar.

 

Cooperação

 

A Costa Cruzeiros informou que está atuando em cooperação com a Anvisa para planejar o desembarque seguro dos tripulantes. “A companhia está trabalhando para garantir aos tripulantes o retorno aos seus destinos de origem. Todos os procedimentos de higiene e saneamento estão de acordo com as últimas diretrizes internacionais e visam preservar a saúde da tripulação. A condição de saúde está constantemente sendo monitorada pelo pessoal médico a bordo, em colaboração com as autoridades sanitárias brasileiras”, afirmou a Costa Cruzeiros.

 

Please reload

comente.
recomendados para você.

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

Governo de Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV