últimas notícias.

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

Governo de Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

1/5
Please reload

Como aproveitar a quarentena para poupar dinheiro para o futuro

Cuidar das finanças e controlar os gastos de maneira inteligente é fundamental. Especialista da Associação de Educação Financeira do Brasil dá orientações sobre como fazer isso em tempos de crise do Covid19
 

Da Redação, Bem Mais Brasília 
Economia | 29 de Março de 2020, 19h00

Foto: Reprodução/Internet 

 

Para diminuir a velocidade de propagação do novo coronavírus, a recomendação das autoridades governamentais é para que as pessoas fiquem em casa. Neste cenário, os gastos com shows, baladas, bares, compras em lojas físicas do varejo, entre outros, deixarão de fazer parte da rotina durante um tempo, o que pode colaborar para dar um fôlego às finanças pessoais ou mesmo favorecer o hábito de poupar dinheiro. Por outro lado, a permanência prolongada em casa pode levar ao aumento de gastos com outras demandas, como contas domésticas e compras de insumos básicos.

Diante disso, a Associação de Educação Financeira do Brasil - AEF-Brasil, apresenta algumas orientações que podem ajudar a equilibrar essa balança e fazer da quarentena um momento oportuno para repensar comportamentos que prejudicam uma vida financeira saudável, além de adotar novas práticas que contribuam para torna-la ainda mais promissora.

"Estamos vivendo uma crise sem precedentes no mundo com essa questão do novo coronavírus. Há muitas incertezas sobre o mercado, a economia, os empregos. Não dá para negar que quem não fez a lição de casa em relação às finanças pessoais pode sofrer mais os efeitos desse problema, já que ter uma reserva financeira num momento como este, por exemplo, poderia contribuir para atravessá-lo com um pouco mais de tranquilidade", explica Claudia Forte, superintendente da AEF-Brasil, ao comentar a importância da educação financeira para atravessar situações como essa.

Ela reforça, contudo, que mesmo nesse contexto de crise é possível promover pequenas mudanças que colaborarão para melhorar a vida financeira e gerar impactos positivos para o futuro. "Mesmo nessa situação de quarentena continuaremos tendo gastos, especialmente com os itens básicos do nosso cotidiano. Mas como nesse contexto estamos mais voltados aquilo que nos é essencial, é um bom momento para uma reflexão sobre como economizar nas pequenas coisas e sobre os supérfluos de que podemos nos livrar, revertendo o valor dessas coisas para construir um futuro mais estável do ponto de vista financeiro", orienta Claudia.

A seguir, confira algumas dicas da superintendente da AEF-Brasil sobre como economizar e equilibrar a vida financeira, e como ter vida saudável em meio a pandemia de saúde que nos envolve:

  • Para os pais que estão com crianças em casa, evite ficar com a televisão ou computador ligados o tempo todo, pois o valor da energia elétrica pode aumentar. Em alguns períodos opte pela leitura, desenhos a mão, resgate de brincadeiras antigas e estimule o uso de brinquedos pedagógicos;

  • Quem trabalha em casa, no esquema de home office, pode utilizar um cômodo que tenha uma luz natural melhor e usufruir dela o máximo possível, evitando assim o uso da energia elétrica em excesso;

  • E nestes dias os computadores estão sendo mais usados que nunca e para economizar energia no uso desses equipamentos, desligue o computador e todos os periféricos da tomada quando não estiverem em uso, faça alterações nas configurações do equipamento, como regular o brilho da tela e o tempo para o micro entrar em modo de espera ou em hibernação quando estiver ocioso, podem reduzir o consumo de eletricidade;

  • Encurte os banhos, pois já estaremos gastando mais água na cozinha, e explique aos pequenos que a água é vital e é finita em nosso planeta;

  • Não se empolgue com as compras online. Continua valendo nesse contexto a regra de ouro de sempre pesquisar: diferenciar o que é querer e o que é precisar de algo. Além de comparar preços, taxas, condições etc. Você pode usar buscadores de preços na internet que ajudam a mapear os valores de um mesmo item em diferentes lojas virtuais;

  • As indústrias e fornecedores estão abastecendo normalmente os supermercados, por isso, não há motivo para que os consumidores estoquem excessivamente a comida dentro de casa. Compre apenas a quantidade certa e para o número de pessoas da família. Além de pensar no próximo, você economizará;

  • Fortaleça e apoie o comércio local, aquela vendinha do bairro pode desaparecer se nós não comprarmos lá;

  • Para quem está endividado, é interessante usar o tempo livre para organizar as finanças. Anotar tudo ou fazer uma planilha para saber exatamente quanto ganha e quanto gasta por mês, além do valor total da dívida. É importante verificar o problema para tomar algumas medidas;

  • Quem está endividado, não pode se dar ao luxo de comprar o que tem vontade, sem necessidade. Se for precisar mesmo fazer a aquisição de algum produto, economize e junte dinheiro para a compra à vista e com desconto. Não parcele para não comprometer o orçamento dos próximos meses, afinal ninguém saber como estará a situação do país após esta pandemia do coronavírus.


"Como se trata de um período complexo para a economia do Brasil e do mundo, esse é um bom momento para entender mais sobre finanças e lidar melhor com os desafios que aparecerão. Além disso, trabalhando em casa e com as crianças fora da escola e bom aproveitar para ensiná-los sobre economia. É uma boa hora para explicar para eles sobre os gastos obrigatórios de uma casa, como água, luz, gás e seu impacto no orçamento da família. A AEF-Brasil possui um portfólio de materiais pronto para ser usado, de livros, game, EADs, websérie e documentários gratuitos na plataforma www.vidaedinheiro.gov.br ", finaliza Claudia Forte.

 

Please reload

comente.
recomendados para você.

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

Governo de Goiânia deve liberar treinos de futebol em junho

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV