TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV

PARCEIROS:

Todos os direitos reservados.

últimas notícias.

Robôs: Eles já estão entre nós?

LOA prevê mais de 51 mil vagas para concursos públicos este ano

Como votaram os congressistas no primeiro ano do governo Bolsonaro?

Bora pra laje? JK Shopping promove evento de verão gratuito

Conheça a técnica capilar usada para renovar o visual da primeira-dama do DF

Cuidado com o peso da mochila do seu filho

1/5
Please reload

Troca da bandeira reúne brasilienses e turistas na praça dos 3 poderes

Manhã cívica teve diversas apresentações gratuitas para famílias brasilienses e turistas na cidade

 

Por Redação, da Agência Brasília 
Distrito Federal | 03 de Fev de 2020, 08h00

Reforçando o caráter cívico da cerimônia, soldados marcham no centro da Praça dos Três Poderes - Foto Luís Tajes/Secretaria de Turismo

 

Exército Brasileiro comandou a Troca da Bandeira deste domingo (2) e encantou brasilienses e turistas que foram à Praça dos Três Poderes. Ivonete de Oliveira levou os pais Ergorminia e João Batista de Oliveira para conferir pela primeira vez a solenidade.

 

Ivonete vive em Brasília e recebeu a visita dos pais, que são de Santa Catarina. “Brasília é deslumbrante. Por onde andamos ficamos emocionados com a cidade. Tenho muito orgulho da capital e vou levar ela comigo”, disse Ergominia.

 

O Bandeirão contou com o desfile cívico-militar, a participação da Banda Marcial, execução do Hino Nacional e da Bandeira, além da tradicional salva de 21 tiros. O Exército ainda levou exposições de veículos militares, viaturas operacionais e de equipamentos (capacetes, escudos, tonfas, entre outros). Os cães adestrados também encantaram a todos e houve distribuição de revistas e material militar.

 

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, esteve presente à Praça dos Três Poderes e ressaltou a importância da cerimônia para promover o civismo. “A solenidade tem uma estrutura para receber a população e, realmente, está se transformando em um grande evento que é importante para a cidade, a população e o governo ”, disse.

 

Céu azul durante a cerimônia de troca da bandeira na Praça dos Três Poderes - Foto: Luís Tajes/Secretaria de Turismo

 

Para a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, a cerimônia valoriza a cultura brasileira e reforça os valores patrióticos. ‘’Me emociona ver que a população adotou esse evento, que só Brasília pode oferecer, e comparece a todas as edições. Continuamos com a agenda de comemoração dos 60 anos da nossa capital e o Bandeirão compõe as celebrações”, afirmou a secretária.

 

O Serviço Social do Comércio (Sesc) levou o show de pop rock da banda BSBeat para animar a manhã após o fim da solenidade. Além disso, a criançada se divertiu com a oficina de desenho, pintura de rosto, críquete, pebolim, tênis de mesa, cama elástica e pedal kart. Enquanto o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) ofereceu o serviço de esmaltação e penteado com tranças.

 

Pintura de rosto, esmaltação, artesanato e diversas outras atrações encantaram o público - Foto: Luís Tajes/Secretaria de Turismo

 

A Fecomércio-DF, por meio do Sesc e do Senac, é parceira do evento. O presidente do Sistema Fecomércio-DF, Francisco Maia, lembrou que o trabalho conjunto vai completar um ano em abril. “Começamos a parceria no início de 2019 e percebemos que esse momento cívico ganha cada vez mais força. Com isso, a capital federal está sendo vista de uma forma positiva por meio de uma programação diferenciada que oferecemos. Estamos muito empenhados e orgulhosos em colaborar no desenvolvimento do turismo da cidade com a parceria na realização da Troca da Bandeira”, disse.

 

“No ano do aniversário de 60 anos de Brasília o Sesc-DF em parceria com a Secretaria de Turismo vai trazer cada vez mais atividades culturais, de lazer e musicais ao já consagrado evento da troca da bandeira em nossa capital”, complementou o diretor regional do Sesc no DF, Marco Túlio Chaparro.

 

Cerimônia já virou tradição a cada primeiro domingo do mês - Foto: Luís Tajes/Secretaria de Turismo

 

Para completar a programação, a Secretaria de Educação levou o projeto “365 Dias de Consciência Negra”. A exposição foi idealizada pela professora Margareth Alves, do Centro Educacional 310 de Santa Maria. “O intuito é trabalhar todos os dias do ano, não focar no assunto da consciência negra apenas em 20 de novembro, que é o dia de lembrar a luta de Zumbi e que não pode ser esquecida”, explicou Margareth.

 

A Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) também marcou presença e desenhou a Bandeira Nacional com frutas e vegetais orgânicos, enquanto o projeto Viva Lago Oeste esteve presente com produtos produzidos na região. Por sua vez, 15 artesãos da cidade compareceram e expuseram os trabalhos no espaço e três profissionais deram oficinas para a população.

 

Dona Antônia Lopes expôs flores e esculturas com fibras de plantas. “O ano começou a todo o vapor. Nós, do artesanato, nunca trabalhamos no início de janeiro e já chegamos a fevereiro. Estamos aqui de novo.”

 

*Com informações da Secretaria de Turismo

Please reload

comente.
recomendados para você.

Robôs: Eles já estão entre nós?

LOA prevê mais de 51 mil vagas para concursos públicos este ano

Como votaram os congressistas no primeiro ano do governo Bolsonaro?

Bora pra laje? JK Shopping promove evento de verão gratuito

Conheça a técnica capilar usada para renovar o visual da primeira-dama do DF

Cuidado com o peso da mochila do seu filho

1/1
Please reload