TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV

PARCEIROS:

Todos os direitos reservados.

últimas notícias.

Robôs: Eles já estão entre nós?

LOA prevê mais de 51 mil vagas para concursos públicos este ano

Como votaram os congressistas no primeiro ano do governo Bolsonaro?

Bora pra laje? JK Shopping promove evento de verão gratuito

Conheça a técnica capilar usada para renovar o visual da primeira-dama do DF

Cuidado com o peso da mochila do seu filho

1/5
Please reload

China termina hospital com mil leitos em 10 dias

Por Agência RTP, via Agência Brasil 
Mundo | 03 de Fev de 2020, 11h31

Foto: Reprodução/Internet 

 

A China anunciou hoje (3) que finalizou a construção de um hospital com mil leitos para doentes do novo coronavírus, que já causou 362 mortos e mais de 17 mil infetados naquele país e no estrangeiro.

 

Em Wuhan, capital daquela província, no centro da China, o novo hospital foi concluído em apenas dez dias, enquanto um segundo hospital com 1.500 camas continua em construção.

 

As restrições em Wuhan, onde começou o surto de pneumonia viral, foram reforçadas. As autoridades decidiram que apenas um membro de cada família pode sair à rua para compras essenciais de dois em dois dias.

 

O reínicio das aulas foi adiado na província chinesa de Hubei, centro do surto do coronavírus.

 

A China aumentou hoje para 362 mortos e mais de 17 mil infetados pelo surto de pneumonia provocado pelo novo coronavírus (2019-nCoV), detetado em dezembro passado, em Wuhan.

 

Emergência mundial

 

Desde dezembro, surgiram 17.205 casos da doença em todo o país, o que levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a decretar emergência mundial. A doença já se espalhou por 20 países.

 

No domingo, morreu a primeira pessoa infetada fora da China, nas Filipinas: um chinês de 44 anos, natural de Wuhan.

 

Um avião da Força Aérea Portuguesa transportou para Lisboa, neste domingo (2), um grupo de 20 pessoas -- 18 portugueses e duas cidadãs brasileiras -- retiradas de Wuhan.

 

Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há mais casos de infeção confirmados em 24 países.

 

O Ministério da Saúde, em Lisboa, disponibilizou instalações para portugueses provenientes de Wuhan. Eles vão ficar em "isolamento profilático" voluntário, durante 14 dias, e fazer análises para despistar o novo coronavírus.

 

Durante esse período, não poderão receber visitas, mesmo que controladas.

 

A Direção-Geral da Saúde fará um boletim clínico diário do grupo e o Ministério da Saúde realizará uma conferência de imprensa diária para dar conta da evolução da situação.

Please reload

comente.
recomendados para você.

Robôs: Eles já estão entre nós?

LOA prevê mais de 51 mil vagas para concursos públicos este ano

Como votaram os congressistas no primeiro ano do governo Bolsonaro?

Bora pra laje? JK Shopping promove evento de verão gratuito

Conheça a técnica capilar usada para renovar o visual da primeira-dama do DF

Cuidado com o peso da mochila do seu filho

1/1
Please reload