TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV

PARCEIROS:

Todos os direitos reservados.

últimas notícias.

Riogaleão terá apenas três voos diários em abril

Brasil tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

A cada hora uma pessoa morre em SP por coronavírus

Distrito Federal tem três mortes por novo coronavírus

Alimentação saudável não pode ser deixada de lado

Banco Central: MP garante proteção legal a funcionários

1/5
Please reload

Saiba o porquê loiras e iluminadas devem fugir do formol

Os danos causados pelo procedimento impedem o tão sonhado loiro perfeito

 

Por Bruno Oliver, especial para o Bem Mais Brasília 
Coluna No Estilo | 06 de Jan de 2020 - 08h49

Foto: Reprodução 

 

Apesar de todas as contraindicações acerca da progressiva, selagem e métodos de alisamento com adição de formol, a procura por esses tratamentos continua em alta. A promessa de cabelos lisos, sem frizz e brilhantes atrai inúmeras mulheres que, muitas vezes, não sabem dos efeitos colaterais causados pela substância. 

 

O formol presente nos produtos utilizados nos processos de alisamento acarreta malefícios não só à estética dos fios, mas também à saúde, podendo causar até câncer. No caso das mulheres com cabelos iluminados ou descoloridos, a regra é clara: deve-se fugir da progressiva se desejar manter o loiro perfeito. 

 

Quem é adepta da escova progressiva e decide ficar loira precisa saber que o resultado da coloração pode não sair conforme o esperado. O alisamento fecha a cutícula dos fios e, dependendo da composição química, interfere no clareamento das madeixas, alterando a cor. 

 

Foto: Reprodução 

 

Por ser uma intervenção química muito forte, os alisamentos prejudicam também a saúde do cabelo, deixando-os mais fracos e quebradiços. Esses procedimentos selam o fio e, na hora de descolorir as madeixas envolvidas pelo formol, haverá grandes danos.  A maioria dos cabelos com progressiva não abrirá em tom platinado, e se por um acaso conseguir platinar o resultado será penoso. 

 

A verdade é que o alisamento e a coloração nunca serão amigas, aliadas. O cabelo sempre sai perdendo nesse processo. 

 

Tratamentos alternativos

 

No mundo contemporâneo a mulher moderna quer praticidade e rapidez. Por mais que a naturalidade dos fios seja a bola da vez, muitas ainda preferem conter o volume e alisar as madeixas. Para essas pessoas, na correria do dia a dia, a progressiva parece ser a alternativa mais viável, com melhor custo benefício, já que não precisará usar chapinha por várias semanas.

 

Bruno Oliver é especialista em colorimetria e sócio-proprietário do Oliver Salon - Foto: Arquivo Pessoal 

 

Mas, como diz o ditado popular “a pressa é inimiga da perfeição”. Para manter o cabelo saudável, com brilho realmente duradouro, o ideal é recorrer a tratamentos que utilizem produtos naturais, sem adição do vilão formol. 

 

Hidratações feitas em salões, por profissionais, que utilizam aminoácidos. Cisteína, Metionina, substâncias que ligam as proteínas do cabelo e estimulam o crescimento dos fios. Além disso, os produtos diminuem o frizz e o volume do cabelo, conferindo um aspecto mais liso às madeixas.

 

Bruno Oliver é pai, empresário, hairstylist, colorista apaixonado pelo universo da beleza e colunista do Bem Mais Brasília

 

@brunooliver.oficial

Please reload

comente.
recomendados para você.

Riogaleão terá apenas três voos diários em abril

Brasil tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

A cada hora uma pessoa morre em SP por coronavírus

Distrito Federal tem três mortes por novo coronavírus

Alimentação saudável não pode ser deixada de lado

Banco Central: MP garante proteção legal a funcionários

1/1
Please reload