TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV

PARCEIROS:

Todos os direitos reservados.

últimas notícias.

Riogaleão terá apenas três voos diários em abril

Brasil tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

A cada hora uma pessoa morre em SP por coronavírus

Distrito Federal tem três mortes por novo coronavírus

Alimentação saudável não pode ser deixada de lado

Banco Central: MP garante proteção legal a funcionários

1/5
Please reload

Tendências 2020: cores e cortes para o novo ano

Tons, técnicas e modelos de cabelo que prometem bombar em 2020


Por Bruno Oliver, especial para o Bem Mais Brasília 
Coluna No Estilo | 21 de Dez de 2019, 12h12

Bruno Oliver, empresário e sócio-proprietário do Oliver Salon - Foto: Divulgação 

 

Com 2020 batendo na porta, começamos a ver, principalmente nas redes sociais, as referências que prometem mexer com a cabeça da mulherada. Diferente de 2019, em que o cabelo iluminado esfumado foi a grande tendência, para o próximo ano o cabelo mais marcado deve fazer sucesso entre as mulheres.

 

O que está chegando forte são os variados tons de dourado, tanto bege dourado, pérola dourado, que são variações da mesma cor. Todas essas tonalidades são usadas para criar madeixas com contraste, em que a mecha se destaca e fica mais evidente em relação ao tom natural do restante do cabelo.

 

 

 

O clareamento global, com mechas muito finas, está acabando. O contraste é a bola da vez, em que se consegue ver a mecha mesclando com os tons do cabelo natural. A moda lembra as luzes, muito usadas há alguns anos, que volta agora de uma maneira mais sutil, com a raiz esfumada. É uma iluminação marcada, mas com mais sofisticação.

 

A procura por esse trabalho começou antes mesmo de 2020 chegar. No Oliver Salon, as clientes já procuram mechas com mais contraste, elas não querem mais aquele iluminado super fino que cobre todo o cabelo. Elas procuram a mescla entre o escuro natural do cabelo e o claro proporcionado pela coloração.

 

Foto: Divulgação/Oliver Salon 

 

Para chegar a esse cabelo com contraste perfeito, requer um acabamento mais trabalhado, uma técnica específica. São mechas mais difíceis de fazer, que precisam de prática e estudo para desenvolver o tom ideal.

 

Em relação às cores muito diferentes, como o ruivo ou pintar o cabelo de rosa, não deve ser uma grande atração para o próximo ano. Essas tonalidades chegam como um acessório em que as mechas isoladas são feitas para alguns momentos e, depois, retiradas voltando à cor normal dos fios. Além disso, essas cores devem surgir em tons pastéis, como azul, rosa, pêssego, mas sempre como algo passageiro.

 

Modelagem

Foto: Reprodução 

 

Em 2019 o long bob foi um dos cortes mais usados, mas que não deve permanecer em 2020. O que está chegando forte é chanel mais reto, sem a ponta mais cumprida em relação ao restante do cabelo. A característica mais marcante do long bob são as pontas mais longas na frente, agora, a tendência são modelos simétricos.

 

Cabelos retos, sem a ponta na frente, mas com um leve desfiado para dar uma sensação de fios desconectados, trazendo modernidade ao visual. Esse desfiado não confere ao cabelo um corte repicado, permanece uma modelagem reta.

 

Ao contrário de 2019 em que o mega hair foi a grande febre, em 2020 o que deve se manifestar com mais intensidade são cabelo curtinhos, bem na altura do trapézio. Mas, para as que são amantes de cabelo longo, a técnica também se aplica.

 

No caso do cabelão, a base do corte vem reto. Nada de frente maior ou menor, de degradê. Tudo bastante linear.

 

Bruno Oliver é pai, empresário, hairstylist, colorista apaixonado pelo universo da beleza e colunista do Bem Mais Brasília

 

@brunooliver.oficial

Please reload

comente.
recomendados para você.

Riogaleão terá apenas três voos diários em abril

Brasil tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

A cada hora uma pessoa morre em SP por coronavírus

Distrito Federal tem três mortes por novo coronavírus

Alimentação saudável não pode ser deixada de lado

Banco Central: MP garante proteção legal a funcionários

1/1
Please reload