últimas notícias.

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

Conselho autoriza suspensão de pagamentos da área de mobilidade urbana

Confiança do consumidor cresce 9 pontos em junho, diz FGV

STF: inquérito contra Weintraub sobre racismo vai para 1ª instância

1/5
Please reload

Caminhada em Brasília pede o Fim da Violência contra as Mulheres

Mobilização reunirá milhares de pessoas que sairão às ruas em todo o país vestindo laranja, a cor dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres

 

Da Redação, Bem Mais Brasília
Distrito Federal | 03 de Dez de 2019, 14h11

Foto: Reprodução/Internet 

 

O Grupo Mulheres do Brasil, por meio do seu Comitê de Combate à Violência contra a Mulher, convoca toda a sociedade a se unir por uma causa que diz respeito a todo mundo: o fim da violência contra as mulheres. E é com esse intuito que realiza a 1ª Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres em Brasília, no dia 8 de dezembro, com concentração a partir das 6h30, no Complexo Cultural da Funarte, e largada as 7h, simultaneamente em vários pontos do país, como também ações no exterior. Ao todo, mais de 20 cidades participarão desta grande mobilização. 

 

Segundo Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Mulheres do Brasil, será uma grande mobilização que colocará nas ruas a voz de todas as pessoas, pedindo um basta aos índices vergonhosos da violência contra as mulheres.“Não podemos mais aceitar que uma mulher seja morta a cada duas horas e que haja um estupro a cada 11 minutos. Temos que mudar essa realidade urgente, é a união de todos e todas por uma causa global”, diz a executiva.

 

A iniciativa integra os “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” – uma campanha internacional de combate à violência contra as mulheres e meninas, que consiste numa mobilização global da sociedade civil em torno desse propósito. No Brasil, a mobilização dura 21 dias, pois começou em 20 de novembro – no Dia Nacional da Consciência Negra e pelo fato de mulheres negras serem as maiores vítimas da violência –, e se encerra em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. Nos demais países ocorre entre 25 de novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres (o “Dia Laranja”, proclamado pela ONU), e 10 de dezembro.

 

Elizabete Scheybmayr, uma das líderes do Comitê de Combate à Violência contra a Mulher, também acredita que é um momento de unir forças e avançar na questão. “Já tivemos grandes avanços com a Lei Maria da Penha e as delegacias da mulher, mas ainda temos muito a fazer para garantir uma assistência adequada às vítimas de violência, lutando por legislações favoráveis a elas, detectando os casos e recuperando os agressores, por exemplo. Essa campanha de conscientização é uma grande ação, pois chama a atenção de toda a sociedade para um problema que diz respeito a todos nós”, diz Elizabete.

 

De acordo com Marisa Cesar, CEO do Grupo Mulheres do Brasil, a caminhada deverá reunir milhares de pessoas. “Essa grande mobilização ganhou agora caráter internacional com os nossos Núcleos no exterior. A violência contra a mulher acontece em todo o mundo, não é um problema exclusivo do Brasil. Com camisetas laranjas, vamos ocupar as ruas em sintonia com as mulheres de todo o planeta que ainda vivem em situação de violência”, estima Marisa.

 

A Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres tem o patrocínio do Magazine Luiza e apoio do Instituto Avon, e em Brasília, apoio do Grupo Sabin, Movimento Gráfica, Instituto Sabin, Raspatac, OAB/DF, Polícia Civil do Distrito Federal, empresas e instituições comprometidas com o fim da violência doméstica, bem como o apoio voluntário de empresários, jornalistas, autoridades, artistas e personalidades.

 

Programação

 

CAMINHADA PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

 

06h30 I Credenciamento e Concentração na Tenda do Grupo Mulheres do Brasil

07h00 I Largada da Caminhada no Circuito das Estações Adidas Etapa Verão

08h00 I Atendimento da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher Móvel (DEAM)

08h00 I Roda de Conversa com o tema: “As iniciativas para o Combate da Violência contra as mulheres” com Dra. Sandra Melo, Delegada Chefe da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM), Dra. Selma Carmona, Presidente da Comissão de Combate à Violência Doméstica e Familiar da OAB/DF, e Dra. Andrea Costa, Líder do Comitê de Combate à Violência contra Mulher, do Grupo Mulheres do Brasil.

10h00 I Encerramento

 

 

CAMINHADA PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

Data: dia 8 de dezembro de 2019

Horário: às 7h (concentração a partir das 6h30)

Local: Complexo Cultural Funarte Brasília

Endereço: Setor de Divulgação Cultural (SDC), Lote 2, (entre a Torre de TV e o Centro de Convenções), Eixo Monumental, Brasília/DF

Percurso: Circuito de Corridas Adidas – Estação Verão

 Inscrições: http://abre.ai/caminhadagmb 

 

*Ingresso VIP com camiseta para as 100 primeiras inscrições, e com retirada no dia da Caminhada pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, na Tenda do Grupo Mulheres do Brasil DF no Circuito de Corridas Adidas, localizada no Complexo Cultural Funarte, Brasília/DF.

Please reload

comente.
recomendados para você.

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

Conselho autoriza suspensão de pagamentos da área de mobilidade urbana

Confiança do consumidor cresce 9 pontos em junho, diz FGV

STF: inquérito contra Weintraub sobre racismo vai para 1ª instância

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV