últimas notícias.

Nego Rainner faz show drive-in neste sábado, em Brasília

DF: Digital Influencer mirim arrecada donativos para comunidade carente

Show em formato drive-in terá como atração os Sertanejos Caio & Henrique

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

1/5
Please reload

Anuário da ConJur aponta superlotação processual

Publicação da editora ConJur será lançada na próxima quarta-feira em Brasília


Da Redação, Bem Mais Brasília 
Justiça | 25 de Nov de 2019, 13h16

Foto: Stock 

 

Os 30 anos de instalação dos cinco tribunais regionais federais (TRFs) são o destaque do Anuário da Justiça Federal 2020, que será lançado na próxima quarta-feira (27 de novembro) na sede do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília.

Em sua oitava edição, a já tradicional publicação da editora Consultor Jurídico conta a história de criação dos TRFs, previstos pelo viés democrático da Constituição Federal de 1988 como maneira de reorganizar o equilíbrio entre os poderes após 20 anos de ditadura militar (1964-1985).

Como em edições anteriores, o Anuário 2020 também traz os perfis dos 139 desembargadores e das 45 turmas que formam os cinco TRFs. Mais uma vez, a publicação apresenta o Placar de Votação, uma visão de como votam os desembargadores e de como decidem as turmas em temas controversos e de grande repercussão.


Tribunais atolados


Ao traçar um raio-X administrativo das cortes regionais, a publicação aponta para a necessidade de melhorar a infraestrutura para dar conta do aumento exponencial da demanda.

Os TRFs estão atolados de processos e uma das saídas, diz a publicação, é a aprovação, pelo Congresso Nacional, da criação de um sexto tribunal, que teria sede em Minas e desafogaria pelo menos 30% da demanda do TRF da 1ª Região, que abrange 13 estados e o Distrito Federal. A formação do TRF-6 foi uma proposta do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio Noronha. A criação da nova corte já foi aprovada pelo plenário do STJ e no Conselho de Justiça Federal. Transformada em projeto de lei, a proposta tramita na Câmara dos Deputados.

Conforme dados compilados pelo Anuário da ConJur, o TRF-1 tem 568 mil processos em acervo — uma média de 26 mil por desembargador, 260% maior que média dos demais TRFs. Para piorar, o aumento de processos veio acompanhado de redução orçamentária, o que não impediu inovações de gestão, conforme mostram as reportagens desta edição.


Decisões históricas


Para marcar a passagem dos 30 anos dos TRFs, o Anuário conta com uma reportagem especial em que são postas em retrospectiva 30 decisões históricas que impactaram a vida dos brasileiros — do confisco da caderneta de poupança do Plano Collor ao uso de cinco de segurança.

Please reload

comente.
recomendados para você.

Nego Rainner faz show drive-in neste sábado, em Brasília

DF: Digital Influencer mirim arrecada donativos para comunidade carente

Show em formato drive-in terá como atração os Sertanejos Caio & Henrique

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV