TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV

PARCEIROS:

Todos os direitos reservados.

últimas notícias.

De Virada: Brasil vence México com gol nos acréscimos do 2º tempo

Polícia confirma suspeita de envenenamento em 4 mortes em Barueri

Vai-Vai abre Virada da Consciência em São Paulo

20 "coletes amarelos" são presos em Paris

Papa Francisco almoça com moradores de rua

Veneza está em alerta máximo com previsão de subida do nível das águas

1/5
Please reload

Festival de Cinema anuncia filmes selecionados e júri

O presidente da mesa dos jurados, este ano, será o cineasta Cacá Diegues

 

Por Agência Brasília 
Cinema | 08 de Nov de 2019, 10h25

Além do tradicional Cine Brasília, principal referência do festival de cinema, outros locais em cidades do DF serão contemplados com atrações e atividades programadas para o evento - Foto: Arquivo/Agência Brasília

 

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) e o Instituto Alvorada Brasil anunciaram, na última quarta-feira (6), os trabalhos selecionados para concorrer nas mostras competitivas e paralelas do 52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB), que será realizado entre os dias 22 deste mês e 1º de dezembro. Também foi divulgada a composição do júri.

 

O secretário de Cultura e Economia Criativa, Adão Cândido, destacou o trabalho da curadoria para selecionar, entre os 701 filmes habilitados (512 curtas e 189 longas), os 81 concorrentes. Ele também apontou novidades para a edição deste ano, que incluem a venda de ingressos on-line e o pagamento de premiação aos filmes vencedores.

 

Cândido também ressaltou o empenho do Governo do Distrito Federal para a realização desta edição do FBCB, que é um patrimônio de Brasília. Segundo o secretário, foram investidos mais de R$ 3 milhões no festival, que conta com importantes parcerias. “O BRB entendeu a importância e relevância do evento para a cidade e para o país e abraçou essa causa desde o início, assumindo a Mostra Brasília e fazendo outros aportes como patrocinador”, informou.

 

Júri e homenagem

 

O  júri será composto por 12 profissionais renomados do país que julgarão os sete longas e 14 curtas selecionados. Entre os avaliadores dos longas estão o diretor Cacá Diegues, que presidirá o júri; a produtora Bianca De Felippes, o jornalista e escritor Artur Xexéo, a coreógrafa e dramaturga Carmen Luz, o produtor e roteirista Jimi Figueiredo, o crítico de cinema Pablo Villaça e a atriz Bruna Linzmeyer. Já o júri de curtas é composto pela crítica de cinema Lorenna Montenegro, o cineasta Takumã Kuikuro, o diretor Carlos del Pino e o fotógrafo André Dib.

 

A curadoria revelou ainda quem será a personalidade homenageada nesta edição do festival: o ator e diretor Stepan Nercessian. Com 49 anos de carreira, ele acumula inúmeros trabalhos, tendo marcado presença em várias novelas e mais de 40 filmes, além de participações no teatro. As homenagens continuam nos filmes de abertura e encerramento, na sessão Hors-Concours, nas sessões especiais, na Medalha Paulo Emílio Salles Gomes e no prêmio da Associação Brasiliense de Cinema e Vídeo (ABCV).

 

Outro ponto apresentado foi a descentralização do FBCB. O secretário de Cultura e Economia Criativa garantiu que haverá programação para a exibição dos filmes em várias cidades do DF, com prioridade para receber parte do festival dentro dos equipamentos culturais existentes nas regiões administrativas, como os complexos culturais de Planaltina e Samambaia. O tradicional Cine Brasília, marca maior do festival, segue como ponto principal da programação.

 

Ambiente de mercado

 

A edição deste ano traz ao festival um reforço no ambiente de mercado, com atividades programadas para o período de 25 a 27 deste mês, no Espaço Cultural Renato Russo. Está confirmada a presença de 23 players, 11 dos quais participam pela primeira vez do festival: Telecine, Discovery Kids, Coração da Selva, FIGa Films (EUA), Paris Filmes, Amazon, Paris Entretenimento, RT Features, Boutique Filmes, Academia de Filmes e Sesame Workshop (Vila Sésamo).

 

De acordo com a subsecretária de Economia Criativa Érica Lewis, esse ambiente oferecerá mesas de debates, workshops e pitchings (apresentações resumidas de produtos desenvolvidos por empresas em fase inicial), envolvendo as novas estratégias governamentais para o setor audiovisual.

 

“É estratégico termos um ambiente de mercado dentro da programação oficial do FBCB”, disse. “É a oportunidade que temos de fazer rede, aproximar e fazer contados com os produtores. Nos esforçamos em trazer referências nacionais e internacionais, para que esse evento funcione e seja parte das gerações de negócios”.

 

*Com informações da Secec

 

 

 

Please reload

comente.
recomendados para você.

De Virada: Brasil vence México com gol nos acréscimos do 2º tempo

Polícia confirma suspeita de envenenamento em 4 mortes em Barueri

Vai-Vai abre Virada da Consciência em São Paulo

20 "coletes amarelos" são presos em Paris

Papa Francisco almoça com moradores de rua

Veneza está em alerta máximo com previsão de subida do nível das águas

1/1
Please reload