últimas notícias.

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

Conselho autoriza suspensão de pagamentos da área de mobilidade urbana

Confiança do consumidor cresce 9 pontos em junho, diz FGV

STF: inquérito contra Weintraub sobre racismo vai para 1ª instância

1/5
Please reload

"Abigail e a Cidade Proibida" é cansativo e enfadonho

Personagens sem carisma, roteiro confuso e falta de ação deixam expectador no tédio

 

Por Guilherme Vicente, do BMB
Coluna Cinefanáticos | 12 de Setembro de 2019 – 12:11h

Abigail e a Cidade Proibida - Foto: Divulgação 

 

Estreia hoje em todo o Brasil, uma “megaprodução” americana/russa sobre magia. “Abigail e a Cidade Proibida” é um filme com uma proposta até razoável, mas, com um desfecho digno de pena. É isso mesmo, o filme é mais uma daquelas histórias literárias que parecem ter sido adaptadas às pressas para as telonas. O resultado é oque será exibido a partir de hoje, nos cinemas.

 

Dirigido por Aleksandr Boguslavskiy, a trama conta a história de uma cidade fechada com muros para conter uma misteriosa “epidemia” que, mais tarde, se revela uma tentativa de centralizar a magia. O clima é quase apocalíptico. Crianças, jovens e adultos são tirados a força de suas famílias pelas autoridades locais. A revolta faz com que nasça uma resistência a este sistema, que luta pela queda da muralha.

 

Abigail e a Cidade Proibida - Foto: Divulgação 

 

No meio de toda essa confusão está a protagonista Abigail (Tinatin Dalakishvili), que além de dar nome ao longa, tem que carregar toda a produção nas costas. Flasbacks dão conta que o pai da menina foi um dos subtraídos pelo governo quando ela ainda era criança. Dez anos depois, a jovem resolve desafiar o Estado em busca do paradeiro de seu genitor. E nessa jornada descobre possuir magia e pessoas com a mesma habilidade.

 

A única coisa que salva são os cenários, que remetem ao inverno russo e ao século anterior, e os efeitos especiais que dão vida aos embates travados com magia entre a resistência e o Estado. Mas, até isso a direção do longa conseguiu estragar com uma trilha sonora de fazer qualquer um chorar, de tão ruim que é. Para um filme de ação, acho que poderiam ter usado uma faixa com mais batidas, em vez de um fundo instrumental melancólico que repete o tempo inteiro as mesmas notas.

 

Abigail e a Cidade Proibida - Foto: Divulgação 

 

O número de personagens mal aproveitados também é um ponto que chama muito à atenção, alguns possuem função quase que figurante de tão apagados que são. A tentativa de fazer de Abigail e o líder da revolta um casal apaixonado é, também, outro tiro no pé. A falta de química e a frieza dos dois atores fazem Jacob, Edward Cullen e Isabella Swan, personagens que vivem um triângulo amoro na franquia Crepúsculo, parecerem Romeu e Julieta, de tão fraco que ficou.

 

Abigail e a Cidade Proibida - Foto: Divulgação 

 

Abigail e a Cidade Proibida estreia hoje nos cinemas do Brasil. Verifique a classificação indicativa.

 

Trailer

 

 

Ficha Técnica

 

Elenco: Tinatin Dalakishvili, Eddie Marsan, Rinal Mukhametov, Ravshama kurkova, Marta Timofeeva, Artyom Tkachenko, Petar Zekavika
Roteiro e Direção: Aleksandr Boguslavskiy
Estreia: 12 de Setembro 
Distribuição: PlayArt Pictures 

 

Avaliação do autor para este filme


 

 

Guilherme Vicente é jornalista, editor-chefe do portal Bem Mais Brasília e colunista da Rádio Ativa FM.

 

E-mail: r.guilhermevicente.bmb@gmail.com

@gvicente_jornalista

Please reload

comente.
recomendados para você.

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

Conselho autoriza suspensão de pagamentos da área de mobilidade urbana

Confiança do consumidor cresce 9 pontos em junho, diz FGV

STF: inquérito contra Weintraub sobre racismo vai para 1ª instância

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV