últimas notícias.

Sertanejos fazem live solidária contra o câncer infantojuvenil

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

1/5
Please reload

De cada 4 produtores rurais do DF, 3 são familiares

Emater-DF atende 11 mil deles, sendo que 8,2 mil têm no máximo propriedades de até 20 mil m². Dia do agricultor é celebrado nesta quinta-feira

 

Por Agência Brasília 
Distrito Federal | 25 de Julho de 2019 - 19:12h

Antônio Enoíde, agricultor familiar atendido pela Emater-DF: plantação de morangos que rende 5 mil caixas por mês

 

Os agricultores familiares do Distrito Federal representam 75% do total de produtores rurais instalados na capital do país, de acordo com dados da Companhia de Desenvolvimento e Planejamento do Distrito Federal (Codeplan).  Dos 11 mil produtores do DF, 8,2 mil se enquadram na definição de agricultura familiar, cujo dia é celebrado nesta quinta-feira (25), e são atendidos pela Emater-DF.

 

Segundo a legislação, o agricultor familiar é aquele que possui propriedade de até quatro módulos fiscais (medida que varia conforme o município; no Distrito Federal, equivale a 20 mil m²). 

 

A maior parte da mão de obra usada é da própria família, com percentual mínimo da renda originado nas atividades agropecuárias. Também entram nessa classificação os silvicultores, aquicultores, extrativistas, pescadores, indígenas, quilombolas e assentados da reforma agrária.

 

De morango a repolho

 

O agricultor Antônio Enoíde é um dos 8,2 mil agricultores familiares do DF. Ele planta morangos na região rural de Brazlândia desde 2012. 

 

Com apoio da mulher, Adriana, e dos quatro filhos, ele começou do zero e hoje possui 150 mil pés plantados, numa produção que rende mais de 5 mil caixas por mês.  Além do morango, Enoíde produz repolho, beterraba, pimentão, vagem, pimenta-de-cheiro, maxixe e tomate. 

 

Suas hortaliças são comercializadas na Ceasa-DF, mas ele também vende para fornecedores de Goiânia e Anápolis (GO) e Paracatu (MG). Atualmente, ele preside a Associação dos Produtores Rurais do Novo Horizonte (Aspronte) que, com 240 associados, fornece produtos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do GDF.

 

 Com dois funcionários, Enoíde se enquadra na definição de agricultor familiar. “O pequeno produtor tem uma grande importância pra sociedade. A gente praticamente carrega o Brasil nas costas”, entende o cearense de 39 anos, que vive em Brasília desde os 17. “Plantando, consegui aumentar minha renda e melhorar minha vida e a da minha família. Quando cheguei aqui, não tinha nenhuma bicicleta; hoje tenho uma casa, carros e meu filho mais velho já está se preparando para cursar faculdade”, comemora.

 

 O apoio da Emater-DF não é esquecido pelo agricultor. “Quando comecei, não tinha noção que precisava fazer correção do solo, não sabia como eram as técnicas de plantio. O pessoal do escritório de Brazlândia me orientou a participar dos cursos e oficinas da empresa, me mostrou o caminho. A Emater abriu as portas para mim”, conta Enoíde. 

 

 

No Distrito Federal, a Emater-DF possui 16 escritórios locais para atendimento aos produtores. De acordo com a Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), a agricultura familiar responde por 46% dos estabelecimentos rurais na capital do país. A área rural do DF possui cerca de 90 mil habitantes e representa cerca de 70% do território do Distrito Federal.

 

Classificação

 

A agricultura familiar é a base de 90% dos municípios brasileiros com até 20 mil habitantes. Além disso, é responsável pela renda de 40% da população economicamente ativa do país e por mais de 70% dos brasileiros ocupados nas áreas rurais. Os dados são do último Censo Agropecuário (2018).

 

Ainda segundo o levantamento, a agricultura familiar produz 70% do feijão nacional, 34% do arroz, 87% da mandioca, 46% do milho, 38% do café e 21% do trigo. O setor também é responsável por 60% da produção de leite, 59% do rebanho suíno, 50% das aves e 30% dos bovinos.

 

O Dia da Agricultura Familiar é celebrado desde 2014. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) para debater os desafios dos pequenos agricultores na missão de produzir alimentos seguros e de qualidade.

 

*Com informações da Emater-DF

Please reload

comente.
recomendados para você.

Sertanejos fazem live solidária contra o câncer infantojuvenil

O virtual está cada vez mais presente na nossa vida

OMS: mortes ligadas à covid-19 dispararam na Europa desde março

PGR se manifesta contra pedido para apreender celular de Bolsonaro

Ministro da Justiça pede ao STF suspensão de oitiva de Weintraub

PF investiga desvio de verbas na Prefeitura de Uberaba

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV