últimas notícias.

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

Conselho autoriza suspensão de pagamentos da área de mobilidade urbana

Confiança do consumidor cresce 9 pontos em junho, diz FGV

STF: inquérito contra Weintraub sobre racismo vai para 1ª instância

1/5
Please reload

BNDES aprova aplicação de até R$ 60 milhões para investimentos

Os recursos se destinam ao fundo destinado às empresas inovadoras

 

Da Redação, Bem Mais Brasília 
Economia | 04 de Abril de 2019 - 22:46h

 [Foto: Reprodução/Internet]

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a aplicação de até R$ 60 milhões para o FIP Anjo, fundo de investimento voltado a pequenas empresas inovadoras, com elevado potencial de crescimento cujo faturamento seja inferior a R$ 1 milhão.

 

Do total do patrimônio inicial de R$ 60 milhões, R$ 40 milhões serão aplicados pelo BNDES, que fará novos aportes à medida que a gestora captar mais recursos. O anúncio foi feito hoje (4).

 

Será dada preferência para investimentos em companhias dos setores de agronegócios, biotecnologia, cidades inteligentes, economia criativa, saúde e tecnologia da informação e comunicação (TIC), informou o BNDES, por meio de sua assessoria de imprensa. Os recursos totais do fundo podem chegar a R$ 120 milhões.

 

Mapeamento

 

A empresa Domo Invest fará o mapeamento e seleção das empresas, articulação com aceleradoras e investidores-anjo, respondendo também pela captação de outros investidores.

 

O fundo tem previsão de duração de dez anos e terá um período de investimento de cinco anos, que poderá ser prorrogado por dois anos. As empresas ‘startups’ que quiserem apresentar seus projetos à gestora podem se cadastrar no endereço http://www.domoinvest.com.br.

 

A expectativa é que em uma etapa inicial o FIP Anjo invista em cerca de 100 ‘startups’, aportando entre R$ 100 mil e R$ 500 mil em cada uma. O valor aportado será igual ao captado junto a investidores-anjo ou aceleradora. Esses outros apoiadores também deverão atuar como mentores dos empreendedores, estimulando melhores práticas de governança e gestão, disse o banco. Em uma segunda fase de investimentos, serão realizados aportes de até R$ 5 milhões em empresas com receita bruta entre R$ 1 milhão e R$ 16 milhões.

 

BNDESPAR

 

Desde 1995, o BNDES apoia programas voltados à estruturação de fundos de capital de risco, tendo apoiado, por meio deles, mais de 350 empresas.

 

Por meio de sua subsidiária BNDES Participações (BNDESPAR), a instituição tem atuado na cadeia de investimento, com destaque para fundos de empresas nascentes (‘Seed Capital’), emergentes (‘Venture Capital’) e de maior porte (‘Private Equity’). Atualmente, o capital comprometido da BNDESPAR em fundos de investimentos em participações alcança R$ 3,5 bilhões, distribuídos em 43 fundos. 

 

*Fonte: Agência Brasil.

Please reload

comente.
recomendados para você.

CNJ propõe regionalização e rodízio para juiz de garantias

Aneel dispõe de R$ 16,1 bi para ajudar distribuidoras na pandemia

Governo publica edital para pavimentação da BR-319, no Amazonas

Conselho autoriza suspensão de pagamentos da área de mobilidade urbana

Confiança do consumidor cresce 9 pontos em junho, diz FGV

STF: inquérito contra Weintraub sobre racismo vai para 1ª instância

1/1
Please reload

TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV