TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV

PARCEIROS:

Todos os direitos reservados.

últimas notícias.

Advogado Marco Sabino lança livro em Brasília

Maioridade não extingue obrigação de pagar pensão alimentícia

Paratleta, campeão brasileiro, precisa de cadeira de rodas funcional

“Os Bravos Nunca se Calam” será exibido no Festival de Cinema de Brasília

Organizações da sociedade civil irão debater propostas para um novo Pacto Federativo

Loja especializada em comida saudável chega a Águas Claras

1/5
Please reload

Ciclone Idai atinge Moçambique

90% de Beira, uma das cidades mais importantes do país, ficou destruída. Não há eletricidade e comunicação. Cidade está isolada por terra

 

Por Agência Brasil 

Mundo | 18 de Março de 2019, 12:59h

 [Foto: Reprodução]

 

A Cruz Vermelha informou que mais de 90% da cidade da Beira, capital da província moçambicana de Sofala, ficou destruída após a passagem do ciclone Idai por Moçambique, o Zimbabue e Malaui. As Nações Unidas admitem que o número de vítimas pode aumentar nos próximos dias, uma vez que é previsto o agravamento das cheias causadas pela tempestade.

 

No Zimbabue, onde o governo já declarou estado de desastre nas regiões afetadas, o número de mortos passou de 64 para 89 nas últimas horas. Em Moçambique estão confirmados 73 mortos. No Malaui, os últimos dados indicam a morte de 56 pessoas.

Dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostram que a tempestade tropical afetou mais de 1,6 milhão de pessoas nos três países.

 

As autoridades alertam para o agravamento das cheias nos próximos dias, devido à continuação de chuva forte, à saturação dos solos e às descargas de barragens.

A cidade da Beira, uma das principais do país, continua sem eletricidade e comunicações e está, desde sábado (16), isolada por terra.

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, que sobrevou a área afetada pelo ciclone, disse que os danos são “muito preocupantes”.

“Está muito mal. A situação é grave, porque muitas pessoas continuam em cima das árvores e das casas”, afirmou Nyusi.

*Com informações da RTP (emissora pública de televisão de Portugal)

Please reload

comente.
recomendados para você.

Advogado Marco Sabino lança livro em Brasília

Maioridade não extingue obrigação de pagar pensão alimentícia

Paratleta, campeão brasileiro, precisa de cadeira de rodas funcional

“Os Bravos Nunca se Calam” será exibido no Festival de Cinema de Brasília

Organizações da sociedade civil irão debater propostas para um novo Pacto Federativo

Loja especializada em comida saudável chega a Águas Claras

1/1
Please reload