TERMOS DE US0

CONHEÇA

EXPEDIENTE 

ANUNCIE

APOIE

FALE COM O BMB 

OPINIÃO 

BMB TV

PARCEIROS:

Todos os direitos reservados.

últimas notícias.

Ministro do STF suspende dívida do município do Rio com BNDES

Continente africano já tem mais de 7 mil casos de covid-19

Secretária de Educação do Rio testa positivo para covid-19

Coronavírus traz novos desafios para cuidadores de idosos

Japão adota restrições rigorosas de entrada no país

Caminhoneiros serão incluídos na campanha de vacinação contra gripe

1/5
Please reload

Saiba como prevenir e combater o piolho

Problema não se restringe apenas as crianças. Qualquer pessoa está sujeita e pegar piolho em algum momento da vida

 

Da Redação, Bem Mais Brasília 

Saúde | 19 de Dezembro de 2018 às 12:04h

 [Foto: Reprodução]

 

Um problema comum na infância é o piolho. O inseto causa muita coceira e pontos vermelhos na nuca e na cabeça das crianças. A proliferação do piolho se dá pelo contato pessoal, já que o inseto não pula ou voa.

 

"O aparecimento dos piolhos é percebido por meio das lêndeas, que são os ovos do inseto. As lêndeas são os pontos brancos aderidos nas hastes dos fios de cabelo", explica o dermatologista e tricologista Luciano Morgado, da clínica Monte Parnaso, na Asa Sul de Brasília.

 

O médico diz que o tratamento do problema começa com a higienização do couro cabeludo. Já o uso de substâncias químicas para matar os insetos deve ser de acordo com a prescrição de um dermatologista.

 

"Muitas pessoas fervem água com vinagre, por exemplo, e lavam os cabelos das crianças com essa mistura, o que não é indicado e, principalmente, não mata o piolho ou a lêndea", afirma o especialista.

 

Segundo Morgado, o vinagre pode ser usado apenas para retirar as lêndeas. Nesse caso, o líquido pode ser diluído na proporção de 1 para 1 em água, e usado para pentear os cabelos com pente fino, retirando as lêndeas. Já o tratamento para os piolhos exige o uso de medicações orientadas por dermatologistas, como a permetrina, por exemplo.

O profissional acrescenta que a roupa de cama da criança deve ser trocada diariamente, além de lavada e depois passada a ferro. Os pentes usados devem ser lavados e desinfetados.

 

"Enquanto houver piolhos, o aluno deve ficar afastado da escola, porque o problema pode afetar as outras crianças da mesma turma", orienta Luciano Morgado.

 

Please reload

comente.
recomendados para você.

Ministro do STF suspende dívida do município do Rio com BNDES

Continente africano já tem mais de 7 mil casos de covid-19

Secretária de Educação do Rio testa positivo para covid-19

Coronavírus traz novos desafios para cuidadores de idosos

Japão adota restrições rigorosas de entrada no país

Caminhoneiros serão incluídos na campanha de vacinação contra gripe

1/1
Please reload