Rio exige comprovante de vacinação COVID-19 em pontos turísticos


Brasília. O KAZINFORM Rio de Janeiro em 15 de setembro começou a solicitar comprovante de vacinação contra COVID-19 para chegar a estabelecimentos como academias, piscinas, poliesportivos, clubes, estádios, vilas olímpicas, cinemas, circos, casas de show, museus, estádios, atrações e galerias .

De acordo com o painel oficial da cidade, 212.000 pessoas com mais de 50 anos estão atrasadas para a segunda dose e 166.000 pessoas com mais de 18, que deveriam ter tomado a primeira dose, não compareceram a um posto de saúde, 10 mil delas com mais de 80, Agência Brasil relatórios.

justiça

Ontem (14) as autoridades do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro indeferiram um pedido de liminar contra o decreto sobre a introdução do passaporte de vacinação.

Na decisão, a juíza Teresa de Andrade Castro Neves destacou que a vacinação e as medidas sanitárias são importantes no combate à disseminação da COVID-19 e que a falta dessas estratégias pode levar à geração de novas variantes, como o delta. Eu não.

Em entrevista publicada pela Agência Brasil na última sexta-feira (10), o ministro da Saúde do Município do Rio de Janeiro, Daniel Soranes, indicou que a variante delta do vírus SARS-CoV-2 já responde por 95,8% do COVID-19 casos na cidade., mas apresentaram menor letalidade, que pode ser decorrente da vacinação.

READ  'Godzilla vs. Kong' ganha imagens conceituais da batalha de Hong Kong; Checar! - Designer de senhoras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *