Rightmove: classificou Portugal como a “Melhor Atração de Imóveis Offshore” com pesquisas crescentes de lares

As viagens internacionais estiveram em um estado frágil no último ano, com regras e restrições mudando regularmente. Atualmente, é ilegal viajar para o exterior do Reino Unido para férias. Você deve ter um motivo permissível para viajar ao exterior que inclua “realizar atividades relacionadas à compra, venda, aluguel ou aluguel de propriedade residencial.”

Como a vacinação contra o Coronavírus continua a se espalhar pelo Reino Unido, a possibilidade de viagens internacionais em um futuro próximo parece mais provável.

Ainda não está claro, no entanto, Rightmove disse que milhões de pessoas ainda navegam em seus sites em busca de propriedades para comprar no exterior e as vêem assim que lhes é permitido.

Rightmove disse que um dos países que recebe “mais atenção” é Portugal.

O maior portal e site de imóveis do Reino Unido disse que houve um aumento de 28 por cento no número de buscas de propriedades lá.

Leia mais: hack de limpeza: livre-se de pisos empoeirados em segundos

Segundo o especialista, é “atraente” para investidores, aposentados e proprietários de casas que vêm do exterior.

Moreira disse que a “mudança” também é outro componente-chave dos britânicos que buscam um recomeço.

Viajar para o exterior geralmente dá às pessoas a chance de viver uma vida mais plena, feliz e gratificante.

O governo do Reino Unido afirmou que, a partir de 17 de maio, as restrições de viagem existentes serão substituídas por um novo sistema de semáforos.

Os países serão classificados como “verde”, “âmbar” ou “vermelho”.

Ontem, o secretário de Transportes, Grant Shaps, disse que nas próximas semanas os britânicos saberão quais países estarão na “lista verde”.

READ  IRB Brasil Resseguros SA: Comunicado ao Mercado - Conformidade Regulatória

Entendeu-se que Portugal poderia ser incluído na lista verde com a cotação média diária do país permanentemente abaixo de 500.

O CEO da empresa de assessoria de viagens The PC Agency, Paul Charles, afirmou no Twitter que Portugal “deveria estar” na lista verde a partir de 17 de maio.

Afirmou no Twitter: “# Portugal deve ser verde a partir de 17 de maio.

“Sem variantes, baixa taxa de infecção, aumento da liberação de vacinação e bom sequenciamento genético.

“Curiosamente, apenas 0,02 por cento das lesões este ano foram do tipo #Brasileiro. A grande maioria foi de Kent.”

A campanha de vacinação em Portugal também foi eficaz, com 24,6 por cento da população a receber a primeira dose.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *