Revisão: Deserto Privado – Cineuropa

Veneza 2021: Este novo filme do diretor brasileiro Ali Moritiba conta uma história de amor impossível no retrato do Brasil machista e homofóbico.

Antonio Saboya e Pedro Fasanaro em deserto especial

Viajamos do sul ao norte do Brasil, dois espaços geográficos e emocionais muito diferentes, em deserto especial [+see also:
trailer
interview: Aly Muritiba
film profile
]
O novo longa-metragem do diretor brasileiro Ali Moretiba Que estreou na estreia mundial em 18O décimoGiornate degli Autori Aconteceu em Veneza. Vestido como um filme de estrada, este drama emocional vê seu herói descobrir um lado indescritível de si mesmo, capturando com sucesso a atenção dos espectadores com uma dose saudável de suspense.

(O artigo continua abaixo – informações comerciais)

Sarah, uma mulher que se conheceu em uma sala de bate-papo, mas nunca se encontrou pessoalmente porque mora do outro lado do país, está sempre no coração de Daniel (Antonio Saboya) Pensamentos. Mas nosso homem, um policial suspenso da ativa por agredir um novato, começou a pensar muito: o julgamento que o aguardava, por exemplo (que chegou até a ser notícia), e a ajuda necessária para seu pai doente, um ex -soldado que já não falava e precisava agora aos cuidados do relógio. A primeira metade do filme segue Daniel em sua vida cotidiana cinzenta, enquanto ele procura por trabalhos braçais, como trabalhar como segurança em uma boate, e luta com sua irmã, que quer mudar seu pai para uma casa de repouso e que, essencialmente, se apaixonou por uma mulher, cujo irmão mais velho o rejeitou.

A única pessoa capaz de fazer Daniel sorrir é Sarah, com quem troca mensagens e fotos pelo celular. Mas um dia a mulher de repente parou de atender o telefone e desapareceu. Daniel decidiu entrar no carro e seguir para o norte, largar tudo, inclusive o pai, e viajar três mil quilômetros na esperança de encontrá-la. E aqui parece que o diretor quer começar seu filme, e começa a gravar os créditos iniciais cerca de meia hora depois do filme. Uma vez em seu destino, Daniel cobriu a pequena cidade onde Sarah mora com pôsteres mostrando sua foto, esperando que alguém a reconhecesse e lhe dissesse onde ela está. Na verdade, um homem liga para ele, diz onde está a mulher, mas não diz mais nada.

READ  BRASIL Colapso de penhasco - Uma sobrevivente tirou fotos momentos antes da fatalidade horrorosa de sete porque pensou que 'pedras estavam caindo'

No meio do filme, o ponto de vista mudou em todos os sentidos da palavra. Vemos quem Sarah realmente é e entramos em sua vida cotidiana e dupla. Enquanto isso, Daniel rastreia sua amada por telefone e pede para encontrá-la com insistência cada vez maior. Sarah não pode mais evitar o inevitável.

deserto especial É a história de um encontro inesperado que levanta dúvidas sobre a certeza, levando à decepção, raiva e eventual agressão, antes de gradualmente ajudá-lo a se reconectar consigo mesmo e com suas emoções. É a história de um feitiço quebrado, uma relação impossível que vê duas almas presas entre o amor e o ódio, mas também é um encontro entre dois mundos distintos: o sul frio e conservador do Brasil, e o norte mais brilhante e progressista. Tudo isso é tratado com muita sensibilidade e apoiado por uma atuação intensa de atuação (Pedro Fasanaro estrela ao lado de Antonio Sabola), resultando em um filme bem equilibrado que questiona o conceito de liberdade pessoal e o peso das gaiolas que temos em mente.

deserto especial Produzido pela empresa brasileira Grafo Audiovisual, em co-produção com a portuguesa Fado Filmes. As vendas internacionais estão nas mãos da Intramovies.

(O artigo continua abaixo – informações comerciais)

(traduzido do italiano)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.