Revisão da política comercial da Organização do Comércio Brasileira: declaração do Reino Unido

Senhor, permita-me dar as boas-vindas à delegação brasileira, chefiada [TPR].

Permita-me também agradecer ao governo brasileiro e à Secretaria da Organização Mundial do Comércio por seus relatórios, em particular, a você, presidente e ao debate, por seus comentários constantes.

O Presidente, após as recentes eleições federais no Brasil, espera continuar a trabalhar de forma construtiva com o próximo governo para encontrar oportunidades bilaterais e aprimorar soluções multilaterais progressivas, inclusive aqui na Organização Mundial do Comércio.

Em nossas perguntas escritas para esta revisão, o Reino Unido estava ansioso para obter uma compreensão mais profunda dos indicadores geográficos, requisitos de importação, alfândega, medidas ambientais, sustentabilidade e compras governamentais.

Como no sistema de revisão da política financeira de 2017 no Brasil e no relatório da Secretaria-Geral para esta nota de revisão, o Brasil ainda é uma economia um tanto generosa. No entanto, foi um prazer observar os desdobramentos da atualização da economia brasileira e elogiar o claro compromisso e os procedimentos do Brasil aqui para reafirmar a Organização Mundial do Comércio como pilar básico da gestão econômica global e seu papel impressionante no sistema multilateral de comércio. Permitam-me também prestar homenagem à ativa participação do Brasil em todas as iniciativas de declaração conjunta.

Senhor Presidente, temos incentivado a contínua abertura do Brasil aos investimentos internacionais. Concordamos com o Brasil que as economias, como o próprio sistema multilateral de comércio, devem funcionar como uma ferramenta para melhorar a vida de todos, e que os investidores dependem da capacidade de previsão e da estabilidade.

Assim, há grandes oportunidades para o Brasil e o Reino Unido construírem um terreno comum. Por exemplo, a tarifa global do Reino Unido, que entrou em vigor em janeiro deste ano, garantiu mais de dois bilhões de libras de importações ao remover unilateralmente as barreiras ao comércio verde. Este procedimento apóia componentes de turbinas eólicas, geração de energia renovável e o desenvolvimento de inovações e pesquisas de detenção de carbono. Essa escala reflete a importância do comércio na preparação da economia global, conforme demonstrado nos recentes comentários do Diretor-Geral Nguzi na vigésima sétima sessão da Conferência das Partes e no Relatório do Comércio Mundial da Organização Mundial do Comércio. O comércio deve ser a pedra angular do trabalho climático.

READ  Regulador brasileiro destaca venda do negócio local da Holcim para a CSN

Da mesma forma, para o desenvolvimento do comércio internacional, o financiamento das exportações britânicas fornece facilidades de empréstimo direto dedicadas ao crescimento justo no valor de 2 bilhões de libras e financiamento de longo prazo (até 18 anos já para projetos de energia renovável) para fornecer rede de segurança para empresas que investir neste campo.

Seguindo rumo a novos desenvolvimentos na política comercial, temos o orgulho de apoiar o Brasil a ser o primeiro país da América Latina a ter um mercado digital de exportação de serviços voltado especificamente para atender às necessidades de pequenas, pequenas e médias empresas, que têm como base no United National Center for Trade and Electronic Works Serviços integrados para pequenas e médias empresas no comércio internacional.

Observamos também que a plataforma Braexp [a new service for Brazilian’s exporters] Está programado para ser totalmente desenvolvido até março de 2023 e esperamos ver os benefícios da facilitação do comércio que, sem dúvida, o proporcionará.

Senhor Presidente, permita-me também homenagear o compromisso do Brasil com a agenda de facilitação de negócios. Por meio do Programa de Facilitação do Comércio nos Países Mediterrâneos, tive o prazer de apoiar o Grupo do Banco Mundial e a Organização Mundial das Alfândegas para fornecer um estudo de liberação de tempo para o Brasil e avaliar a lacuna do Acordo de Facilitação do Comércio da Organização Mundial do Comércio, e ao levantamento da igualdade de sexo e gênero e pobreza. Avaliação do efeito.

Encorajamos o Brasil a continuar implementando as soluções especificadas nesses resultados. Isso aumentará a transparência e melhorará a eficácia dos procedimentos de comércio internacional, garantindo benefícios independentemente da situação social e econômica, raça ou sexo.

Também estamos satisfeitos que o relatório da Secretaria indique que o Brasil cancelou taxas importantes em alguns voos e implementou descontos nas definições em resposta à epidemia de Covid-19. Essas medidas mostram flexibilidade e abertura ao comércio internacional, e incentivamos o Brasil a implementar mais medidas semelhantes olhando para o exterior e para a abertura.

READ  A jornada de uma enfermeira desde o tratamento de Covid no Brasil até a morte no deserto dos EUA | Brasil

Em relação ao indicador geográfico [GI]O Reino Unido é particularmente bem-vindo pelo último compromisso do Brasil com o pedido do Reino Unido para proteger a IG em relação ao Scotch Whisky, cantando. Estamos satisfeitos com o progresso que fizemos no acordo tributário para promover o comércio e o investimento entre nossos dois países.

Também temos a satisfação de informar aos associados que na última quinta-feira, 17 de outubro, concluímos as negociações com o Brasil sobre a pauta de commodities do Reino Unido na Organização Mundial do Comércio, um grande passo em nosso relacionamento bilateral. No início deste ano, acolhemos com agrado o convite enviado pelo Conselho de Cooperação e Desenvolvimento Econômico por unanimidade ao Brasil para iniciar o caminho rumo à adesão ao organismo oficial, processo que certamente florescerá nas mãos do Embaixador Barola, o elegante e elegante. A perda de Genebra é, sem dúvida, um ganho para Paris.

Sobre a adesão do Brasil ao acordo de compras governamentais [GPA]O Reino Unido teve o prazer de receber sua mais recente oferta de acesso ao mercado no Brasil em junho. Para desvendar totalmente a riqueza de nosso relacionamento comercial, o Reino Unido dá as boas-vindas a um maior envolvimento a fim de promover a adesão do Brasil ao Programa de Ação Global, tornando-se assim o primeiro país da América Latina a aderir. Todas essas medidas preventivas confirmam o compromisso do Brasil forte com o pluralismo.

Concluindo, Senhor Presidente, desejamos ao Brasil as maiores felicidades na construção do caminho do crescimento centrado no comércio e agradecemos aos nossos colegas no Brasil e aqui pela frutífera participação na prática desta importante transparência.

Por fim, para retomar as nossas conversas esta manhã, boa sorte para a Seleção Canarinha, cujas habilidades de seda nada mais são do que as habilidades de sua equipe em Genebra. Nos vemos na final no Catar.

READ  Relatório de tendências: Especificações e previsão do mercado de lubrificantes bioativos 2027 para 2022

Obrigado, Sr. Presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.