Relações bilaterais fortalecidas na Expo 2020 para estimular comércio, investimentos e relações culturais de longo prazo: Brasil

  • A visita do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, altos ministros, representantes de negócios e comércio testemunhou a participação da Expo 2020

Dubai: O Brasil disse hoje que a participação do país na Expo 2020 Dubai estimulou e fortaleceu suas relações com os Emirados Árabes Unidos, Oriente Médio e outros países globais que fizeram parte dos quase 200 países participantes da exposição de seis meses.

Em nota de encerramento, os porta-vozes do Pavilhão do Brasil agradeceram ao governo dos Emirados Árabes Unidos e aos organizadores da Expo pela conclusão de uma Expo Mundial bem organizada que se destacou em sua mensagem à humanidade sobre sustentabilidade e promoção do comércio e investimento global, bem como relações políticas e culturais entre os países participantes.

“Para o Brasil, a participação foi um assunto abrangente durante meio ano, marcado pela visita do primeiro-ministro, dignitários e outras delegações ao atraente boom cultural e eventos de culinária de rua, para proporcionar uma experiência imersiva para potenciais turistas no Brasil, ” disse Elias Martins Filho, Comissário-Geral do Pavilhão do Brasil na Expo 2020 Dubai. A floresta amazônica no Brasil recriando as diversas paisagens do país por meio de tecnologia de ponta.”

O Pavilhão Brasileiro de US$ 20 milhões, que se estende por mais de 4.000 pés quadrados com uma lâmina de água rasa em metade de sua área, atraiu 2,1 milhões de visitantes no final do show.

Entre os destaques da participação do Brasil está a visita do presidente do país, Jair Bolsonaro, e seus encontros com várias autoridades nos Emirados Árabes Unidos. Durante sua visita, o Brasil também concedeu a maior honraria do país, a Medalha Nacional do Cruzeiro do Sul de Sua Alteza. Sua Alteza Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente e primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos e governante de Dubai.

READ  O deputado Dudley nomeou Marco Longhi como o novo enviado comercial do Brasil

“A partir de Capoeira Misturando artes marciais com música e dança do Nordeste, com o Bib Gourmand listado no Michelin, o show ao vivo Caatinga Biome Cooking do chef Rodrigo Oliviero e sérias explorações mútuas de negócios e investimentos, além de promover o turismo brasileiro, a Expo 2020 Dubai nos ofereceu uma plataforma diversificada. Estamos confiantes em avançar os relacionamentos que tivemos durante a exposição para o futuro frutífero de todos os parceiros com os quais tivemos a sorte de nos conectar.”

O Brasil também doou uma série de memorabilia física e digital do pavilhão ao Arquivo da Expo para manter viva a memória de sua participação.

Durante a exposição, o Pavilhão do Brasil também comemorou a conquista de sua seleção como país com três das Sete Maravilhas do Mundo e atrações naturais – as Cataratas do Iguaçu, o Amazonas e a Estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro, construída em 1931 revelado pela New7Wonders, organização que lidera a seleção das Novas Sete Maravilhas do Mundo e Natureza, Revelados Marcadores de Maravilhas no Pavilhão do Brasil.

“No geral, conseguimos apresentar um panorama completo do Brasil para um público global e estamos confiantes de que isso nos fez muito na promoção da cultura, alimentação, comércio, viagens, turismo e investimentos no país”, disse Rafael. Nascimento. Gerente do Pavilhão do Brasil.

O exportação brasileira e investimento agência de promoção (clímax-Brasil) é a agência nodal que gerenciou a participação do país na Expo 2020 Dubai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.