Rede de academias latino-americana SmartFit precificou ações em IPO a 23 riais – fontes

São Paulo (Reuters) – A rede latino-americana de academias Smart Fit precificou suas ações em sua oferta pública inicial a 23 reais na segunda-feira em meio à faixa de preços de 20 a 25 reais, levantando pelo menos 2,3 bilhões de reais ($ 443,95 milhões), segundo a três fontes. Familiarizado com isso, disse.

A empresa não quis comentar o assunto.

A SmartFit, que tem a firma de private equity Patria Investments, a canadense CPP Investments e a Cingapura GIC, se expandiu rapidamente na região, mesmo com muitas redes de fitness sendo forçadas a fechar academias durante as paralisações do coronavírus.

Com acionistas ricos, a SmartFit aproveitou esse período para iniciar aquisições. Possui 928 unidades na América Latina, incluindo Brasil, México, Colômbia, Chile, Peru e Argentina.

A empresa disse que planeja usar os recursos do IPO principalmente para abrir novas unidades e também para adquirir redes de academias adicionais.

Ainda não está claro se o SmartFit vendeu o total das ofertas, o que poderia aumentar o número de ações vendidas em até 35%.

O Itaú BBA, o Morgan Stanley, o BTG Pactual, o Santander Brasil e o Banco ABC Brasil administraram o IPO.

(1 dólar = 51808 riais)

(Reportagem de Carolina Mandel e Tatiana Bautzer; Edição de Leslie Adler e Sonia Hepstel)

READ  Banco do Canadá, Banco Central da Rússia, Banco Central do Brasil, Banco Popular da China, Banco Central da Índia - Observador de Brockville

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *