Português Santos aperta os dedos com receios crescentes de lesão – jornal

O técnico de Portugal, Fernando Santos, disse que espera que o zagueiro Danilo Pereira não fique muito tempo afastado por causa de uma lesão, e também há preocupações físicas com o meio-campista Otavio antes da partida da Copa do Mundo contra o Uruguai na segunda-feira.

Pereira fraturou três costelas durante um treinamento no sábado, o que o tirou da segunda mão das oitavas de final da Copa do Mundo de 2018, que o Uruguai venceu por 2 x 1.

“Até onde eu sei, ele está melhorando e esperamos que ele volte a campo muito em breve”, disse Santos a repórteres no domingo.

“Mas se não o fizermos, temos outras três metades que podem substituí-lo. Não precisamos fazer drama com ele.”

A mídia portuguesa noticiou que Pereira perderia a fase de grupos e sua participação estaria em dúvida se Portugal chegasse à fase eliminatória.

Questionado sobre o zagueiro Pepe, de 39 anos, que estava no banco quando Portugal venceu Gana por 3 a 2 na estreia na Copa do Mundo do Catar, na última quinta-feira, Santos disse que ele era um “monstro” e estaria na seleção na segunda-feira. . .

Santos disse que as decisões sobre a prontidão de Otavio, que foi titular contra Gana, e do lateral-esquerdo reserva Nuno Mendes, que também está lesionado, serão tomadas após um treino no domingo.

Portugal lidera o Grupo H e enfrenta o Uruguai em sua segunda partida no Lusail Stadium na segunda-feira.

Santos disse que os sul-americanos ainda são um time muito forte, com capacidade de contra-ataque rápido, mesmo que seus atacantes Edson Cavani e Luis Suárez sejam mais velhos.

“Temos que ter muito cuidado porque eles podem pressionar muito os adversários, forçá-los a cometer erros e depois bater forte”, disse Santos.

READ  Festival Internacional de Balões de Ar Quente regressa ao Alentejo

O Uruguai quer evitar a derrota contra Portugal para manter seu destino em suas mãos na partida final contra Gana. O Uruguai está bem desde que Diego Alonso assumiu o comando no final do ano passado e deu a volta por cima nas eliminatórias. Ele tem todos os jogadores de seu time, com exceção de Ronald Araujo, do Barcelona, ​​que se recupera de uma cirurgia no quadril.

Alonso espera uma partida dura na segunda-feira e o set a ser decidido na final.

“Obviamente, a segunda partida é tão essencial quanto a terceira”, disse ele. “Se nos qualificarmos ou não depende de nós.”

Postado em Amanhecer, 28 de novembro de 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.