PagSeguro e Banco Votorantim negam negócio

São Paulo (Reuters) – A fintech brasileira PagSeguro Digital Ltd e o Banco Votorantim, mais conhecido como BV, negaram na quinta-feira um acordo fechado com o PagSeguro para adquirir o BV. Reportagens da mídia e uma fonte familiarizada com o assunto disseram no início do dia que eles estavam em negociações, fazendo com que as ações do PagSeguro listadas na Nasdaq caíssem 14%.

Mas Bagseguro disse em um comunicado que sua unidade bancária PagBank “não tem intenção de adquirir o BV Bank e não há acordos relevantes assinados para fazê-lo”, enquanto o BV e seus acionistas também negaram.

O “Banco Votorantim SA (“ Banco BV ”), quinto maior banco privado brasileiro, e seus acionistas, Banco do Brasil e Votorantim Finanças, negam as notícias recentes da venda do BV”, dizia o comunicado.

“O BV e seus acionistas continuam engajados em sua agenda estratégica, buscando diversificar seus negócios para oferecer os melhores produtos e serviços aos seus clientes.”

As ações do PagSeguro listadas na Nasdaq fecharam 7,9% mais baixas, a US $ 51,61. Caiu mais de 14% no início da sessão.

O site de notícias financeiras Brazil Journal informou o negócio na quinta-feira, citando um preço de 16 bilhões de reais (US $ 3 bilhões) para o BV, um banco voltado para o consumidor no Brasil com uma grande carteira de crédito.

O Banco do Brasil SA vem tentando alienar o BV há pelo menos dois anos. O BV entrou com uma oferta pública inicial no início deste ano, a segunda vez que o fez, mas cancelou o pedido em abril.

O PagSeguro, que tem uma capitalização de mercado de cerca de US $ 18,5 bilhões na Nasdaq, é principalmente um processador de pagamentos no Brasil. Sua máquina amarela de cartão de crédito e débito é onipresente em todo o país.

READ  Real brasileiro amplia ganhos após prometer alta "acentuada" nas taxas de juros

(1 dólar = 5,26 riais)

Reportagem adicional de Carolina Mandel e Tatiana Bautzer em São Paulo; Reportagem adicional de Gram Slattery no Rio de Janeiro. Escrita por Carolina Mandel e Jimmy McGyver; Edição de Paul Simão e Lisa Schumaker

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *