Ninguém quer ser vaiado principalmente se estiver jogando em casa, revela Neymar

O astro do Paris Saint-Germain, Neymar, admitiu que ser vaiado pelos torcedores de seu clube em casa não é uma boa sensação e insiste que a influência das mídias sociais está fazendo mais mal do que bem. O brasileiro ingressou no clube francês no verão de 2017, por uma taxa recorde mundial.

Neymar chegou ao Paris Saint-Germain vindo do Barcelona no verão de 2017 por um valor recorde mundial de € 222 milhões. O jogador de 30 anos fez 142 jogos pelo clube parisiense, marcando 98 gols e marcando 60 assistências em todas as competições. O brasileiro repetiu suas ofertas da Espanha na França, embora a busca do clube para garantir a Liga dos Campeões ainda esteja longe deles.

O ex-jogador do Barcelona foi criticado por suas atuações nesta temporada, e a saída ilegal do clube francês da Liga dos Campeões provocou algum ressentimento no Parc des Princes. Neymar & Cia foram vaiados logo após a liquidação. A ironia foi parcialmente silenciada quando o PSG alcançou um 10º lugar recorde Liga Francesa 1 O título é apesar das contínuas especulações sobre o futuro de Kylian Mbappe e Mauricio Pochettino.

Neymar viu que ouvir seus torcedores vaiar por si mesmo e por seus companheiros de equipe não foi uma experiência agradável ao revelar sua visão para a próxima Copa do Mundo de 2022.

“Claro que ninguém quer ser vaiado, mesmo jogando em casa. Não posso me deixar vaiar e decepcionar minha família. Há partidas em que você pode jogar para os torcedores, quando tudo está bem. tem as vaias, e eu me seguro, com minha família”, disse Neymar ao jogador do Flamengo Diego Ribas em uma animada discussão.

READ  'Eu sofri um apagão' - uma proibição massiva da polícia brasileira após chutar o árbitro na cabeça

“As redes sociais… eu acho que dói mais do que ajuda. Porque se você joga bem e vai ler sobre isso lá, é tudo uma boa notícia e sorrisos. Mas quando você não joga bem, não é bom para a cabeça. É tão difícil. Redes sociais são uma coisa. Muito perigoso no momento. Eu realmente queria ganhar a Liga dos Campeões com o PSG desta vez, mas infelizmente não conseguimos”, acrescentou. Agora quero terminar 2022 com a Copa do Mundo.”

Nos siga no Facebook aqui

Fique em contato conosco no Twitter aqui

Curta e compartilhe nossa página no Instagram aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.