Mosteiro histórico ucraniano é incendiado após bombardeio russo, diz Zelensky

o novoAgora você pode ouvir os artigos da Fox News!

O presidente Volodymyr Zelensky disse que um mosteiro centenário na Ucrânia foi incendiado após o bombardeio da artilharia russa.

O Mosteiro de Todos os Santos em Svyatogorsk Lavra foi incendiado no sábado após uma série de bombardeios concentrados por forças russas invasoras.

O mosteiro é um instituto religioso sob a proteção do Patriarcado de Moscou que continua a apoiar o presidente russo, Vladimir Putin.

Ucrânia afirma que retoma parte da cidade oriental de Severodonetsk da Rússia

O incêndio foi relatado pelo jornalista ucraniano Agath Gorsky, que postou imagens do desastre no Twitter.

“O mosteiro de madeira de Todos os Santos em Svyatogorsk Lavra, na região de Donetsk, está pegando fogo devido ao bombardeio russo!” disse Gorsky. “O Lavra remonta ao século 15 dC. A segunda vez que foi bombardeado pela Rússia. Este é outro ato de barbárie russa. Para eles, nada é sagrado.”

Zelensky postou um vídeo da queima do local sagrado nas redes sociais no sábado.

O mosteiro, localizado na região de Donetsk, na Ucrânia, é feito principalmente de madeira e existe desde o século XVI.

O inferno provavelmente prejudicará ainda mais as relações ecumênicas entre a Ucrânia e a Rússia. A invasão constante levou os bispos ortodoxos a se separarem do Patriarcado de Moscou e começarem a operar sedes episcopais independentes.

CLIQUE AQUI PARA APLICATIVO FOX NEWS

Igreja Ortodoxa Ucraniana (UOC) O patriarca Kirill, um importante aliado do presidente russo Vladimir Putin, separou-se formalmente de Moscou em meio à invasão da Ucrânia por Putin, no que um analista descreveu como um “grande golpe a Putin”.

Mais de 100 igrejas na Ucrânia A Universidade da Colúmbia Britânica recusou a favor da Igreja Ortodoxa Ucraniana, com sede em Kyiv, que se separou de Moscou em 2019.

READ  A princesa saudita foi libertada, mas outros membros da família real ainda estão presos

No entanto, a Universidade da Colúmbia Britânica declarou-se “completa independência” de Moscou na sexta-feira.

“Entendemos perfeitamente como a Igreja Ortodoxa Ucraniana está sofrendo hoje”, disse o chefe A Igreja Ortodoxa Russa disse Na Catedral de Cristo Salvador, no centro de Moscou. Ele alertou que “espíritos de malícia” queriam dividir o povo ortodoxo da Rússia e da Ucrânia, mas declarou que não conseguiriam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.