Marta e Formiga: lendas brasileiras fazem história olímpica

Amplamente considerada uma das maiores jogadoras de futebol de todos os tempos, Marta se tornou a primeira jogadora a marcar em cinco Olimpíadas consecutivas, depois de marcar a vitória de seu país por 5 a 0 sobre a China.

O jogador de 35 anos, que marcou 111 gols internacionais e foi eleito Melhor Jogador do Ano pela FIFA seis vezes, abriu o placar aos nove minutos antes de somar o segundo no 74º.

Debinha, Andressa Alves e Beatriz marcaram os outros gols para levar o Brasil a uma vitória fácil na partida do Grupo F em Revo, no Japão.

O duplo de Marta significa que ela agora tem 12 gols olímpicos em seu nome, tendo marcado seu primeiro em Atenas em 2004, e agora está apenas dois gols abaixo do recorde estabelecido pelo compatriota Christian.

Ela não foi a única jogadora do Brasil a fazer história na quarta-feira, já que a companheira de equipe Formiga, de 43 anos, também fez história olímpica.

A meia paulista, que disputou 201 partidas pela seleção nacional, se tornou a primeira jogadora a disputar sete Jogos Olímpicos depois de jogar 72 minutos contra a China.

Ela fez sua estreia no Brasil na Copa do Mundo de 1995 quando tinha 17 anos e competiu em todos os Jogos Olímpicos desde que o futebol feminino estreou nos Jogos de Atlanta em 1996.

Shuang Wang e Formiga lutam pela posse.

Tendo conquistado a prata em ambos os jogos de 2004 e 2008, Formiga busca conquistar a medalha de ouro que até agora foi esquiva.

Os jogos de 2016, que foram disputados em casa, terminaram com uma mágoa para Formiga e suas companheiras de equipe, pois perderam para a Suécia nos pênaltis nas semifinais antes de perderem a disputa pela medalha de bronze para o Canadá.

READ  O famoso estádio do Maracanã sediará a final. Brasil enfrenta a Venezuela no torneio de abertura - Sports News, Firstpost

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *