“Marigella” é o principal candidato do 21º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro; Veja a lista! – Designer feminina

O 21º Grande Prêmio do Brasil de Cinema acontece há quase dois anos e marca o retorno do evento frente a frente. A edição desta terça-feira (14) divulgou a lista completa dos finalistas.

A premiação acontecerá na Cidade das Artes, no dia 10 de agosto, com transmissão ao vivo pelo Canal Brasil. O filme Marighella dirigido por Wagner Moura recebeu o maior número de indicações. Lembre-se, os finalistas competem em 31 categorias e são escolhidos pelo voto dos membros da Academia.

Veja abaixo todas as instruções:

Melhor filme de fantasia

Divirta-se assistindo:

“Sete Prisioneiros”, Alexandre Morato
Júlia Resende, “Depois que sou uma tola”
“Deserto Privado”, Ali Moretiba
“Homem Jaguar” Vinicius Reis
“Marigella”, Wagner Mora

Melhor filme de comédia

“O movimento perfeito” por Chris D’Amato
Júlia Resende, “Depois que sou uma tola”
“O Carro de uma Boa Mentira”, José Eduardo Belmonte
Quem vai ficar com Mário? , Hsu Shin Hsin
“Um par inseparável”, Sergio Goldenberg

Melhor Documentário

“8 Cabeças 1 Juramento”, Carla Camorati
“A Última Floresta”, Louis Bolognese
Alvorada, Anna Mollart e Le Polletti
“CHACRINHA”, Micael Langer e Cláudio Manoel
“CINE MARROCOS”, Riccardo Kleil

Melhor filme para crianças

“TURMA DA MÔNICA – Lições”, Daniel Resende
“Cerca de 2 Tios Completos”, Pedro Antonio Paes

Melhor guia

• Alexandre Morato para 7 presos.
• Ali Moretiba do Deserto Privado.
• Anna Mulliert e Lee Politi da Alvorada.
• DANIEL FILHO por O Silêncio da Chuva.
• DANIEL REZENDE pela Turma da Mônica – Tutoriais.
• LUIZ BOLOGNESI SOBRE A ÚLTIMA FLORESTA.

Melhor Primeiro Diretor

• CAMILA FREITAS para cada andar.
• Cesar Cabral por Bob Cosby – Nós não gostamos de pessoas.
• DEO CARDOSO para Cabeça de Nêgo.
• IULI GERBASE, Le Nuage Rose.
• Madiano Marchetti de Maddalena.
• Wagner Mora de Marigela.

Melhor atriz

• Adriana Esteves como Clara de Marigella.
• Andrea Horta como Mariana no Jardim Secreto de Mariana.
• Deborah Falabella como Danny em After the Crazy is Me.
• Dera Paes como Rita Através de Veneza.
• Marietta Severo como Ada de Lettuce Nights.

melhor ator

• Antonio Savoia como Daniel, para Deserto Particular.
• Bruno Gagliasso como Lúcio Di Marigella.
• CHICO DIAZ como Pedro por Homem Jaguar.
• Erander Santos como Omar Pour Bidadi.
• Seu JORGE por Marighella por Marighella.

READ  Bolsonaro rejeita pedido de restrições de viagem devido ao coronavírus

Melhor atriz coadjuvante

• Salam Barbara como Barbara Por que você não chora?
• Bella Camero como Bella de Marigella.
• Carol Castro como Madalena de Veneza.
• Claudia Abreu como Beatriz para O Silêncio da Chuva.
• ZEZÉ MOTTA como Francesca por Duttor Gama.

Melhor Ator Coadjuvante

• André Abu Jamra em Nando por 7 presos.
• AUGUSTO MADEIRA como Mucio de Acqua Movie.
• DANTON MELLO como Beto por um tio quase completo 2.
• Emilio de Mello como Dantas de Homem Onça.
• HUMBERTO CARRÃO como Humberto de Marighella.
• LUIZ CARLOS VASCONCELOS em Plan de Marigela.
• Rodrigo Santoro como Luca para 7 presos.

Melhor Direção de Filme

• Adrien Teguido, ABC de Marigela.
• AZUL SERRA da Turma da Mônica – Tutoriais.
• Cristiano Conciaso pelo Gama Doctor.
• FELIPE REINHEIMER, ABC de O Silêncio da Chuva.
• Gustavo Hump, filme ABC d’Acqua.
• GUSTAVO HADBA, ABC de Veneza.
• Luis Armando Artega do Deserto Privado.

Melhor texto original

• Anna Mulliert e Lee Politi da Alvorada.
• DAVI KOPENAWA YANOMAMI e LUIZ BOLOGNESI para The Last Forest.
• Henrique dos Santos e Ali Moritiba da Dishto em particular.
• Hilton Lacherda, Ana Carolina Francisco e Delner Gomez Lepidad.
• THAYNÁ MANTESSO e ALEXANDRE MORATTO para 7 presos.

Texto de melhor ajuste

• Philip Braga e Wagner Mora
• Lucia Murad e Tatiana Salem Levy
• Lusa Silvestre
• Mariana Zatz e Thiago Duttori
• Miguel Falabella

Melhor Direção de Arte

• CLAUDIO AMARAL PEIXOTO para 4 x 100 – Correndo por um sonho.
• Fabula Bonofiglio e Marcos Pedroso do Deserto Privado.
• Frederico Pinto, ABC de Marigela.
• MÁRIO MONTEIRO por O Silêncio da Chuva.
• PICO DE TULÉ DE VENEZA.
• William Valdoga para 7 presos.

melhor roupa

• ALINE CANELLA para 7 presos.
• VENDA BIA de Veneza.
• KIKA LOPES de O Silêncio da Chuva.
• RÔ NASCIMENTO do Doutor Gama.
• Verônica Julian de Marigella.

READ  Moise Kabagambi: Manifestantes brasileiros exigem justiça para imigrante congolês espancado até a morte por salários não pagos

melhor maquiagem

• Adriano Mánchez por Silêncio da Chuva.
• Britney Federline do Deserto Privado.
• GABI BRITZKI por Turma da Mônica – Tutoriais.
• MARTÍN MACÍAS TRUJILLO de Marighella.
• MARTÍN MACÍAS TRUJILLO DE VENEZA.

O melhor efeito visual

• Eduardo Schaal, Guilherme Ramalho e Hugo Gorgel, de Bob Cosby
• Emerson Bonadias por O Silêncio da Chuva.
• LUIZ ADRIANO DE VENEZA.
• Marco Prado pela Turma da Mônica – Lições.
• Pedro de Lima Márquez para Contos do Amanhã.
• SAULO SILVA de Marighella.

Melhor compilação de fantasia

• Diana Vasconcelos, por O Silêncio da Chuva.
• Diana Vasconcelos de Veneza.
• Germono de Oliveira para 7 presos.
• Karen Harley, EDT de Bidade.
• Lucas Gonzaga de Marigela.

Melhor Edição de Documentário

• Eva Randolph e Jan Motta para Boa Noite.
• IDÊ LACRETA do Zimba.
• Joanna Ventura por 8 Chefes 1 Seção – História Atual.
• Torre Jordan do Ciné Maroc.
• Ricardo Farias em A Última Floresta.
• Vanya Debs da Alvorada.

melhor som

• Jorge Seldanha, Alessandro Larroca, Eduardo Fermond Lima e Renan Deodato de Marigella.
• JORGE REZENDE, MIRIAM BIDERMAN, ABC, RICARDO REIS, ABC, TOCO CERQUEIRA da Turma da Mônica – Aulas.
• LIA CAMARGO e TOM MYERS para 7 presos.
• MARCEL COSTA, SIMONE PETRILLO e PAULO GAMA para O Silêncio da Chuva.
• VALÉRIA FERRO, TIAGO BITTENCOURT, DANIEL TURINI, FERNANDO HENNA e SÉRGIO ABDALLA no Acqua Movie.

Melhor gravação de áudio

• Andre Abu Jamra e Mauricio Negro de Bob Cosby – Não gostamos de gente.
• Antonio Pinto do Acqua Movie.
• Antonio Pinto de Marighella.
• Berna Sebas por Silêncio da Chuva.
• CRISTOVÃO BASTOS de Pixinguinha, um homem carinhoso.
• FELIPE AYRES do Deserto Privado.

Melhor Série Animada Brasileira, Produção Independente – Push/Stop

• Angel the Killer – Temporada 2 (Canal Brasil)
• As Aventuras de AMÍ – Temporada 1 (Globoplay)
• Céu – Temporada 2 (Nickelodeon)
• Planeta das Palavras – Temporada 1 (Descubra +)

Melhor Série Documentária Brasileira, Produção Independente – PAY/OTT TV

READ  Jurassic World Evolution 2 tem cenários "e se" em que os bandidos ganham

• ABRA ALAS – Temporada 1 (Originais do Youtube)
• Sociedad de Cancao – Temporada 1 (GNT)
• Street Sound – Temporada 3 (canal curto)
• TransamaZeneca – A Path to the Past – Temporada 1 (HBO e HBO GO)
• TU CASA ES MI CASA – Temporada 1 (HBO Mundi e HBO GO)

Melhor Série de Fantasia Brasileira, Produção Independente – PAY TV/OTT

• STAR FLOOR – Temporada 1 (Canal Brasil)
• Colônia – Temporada 1 (Canal Brasil)
• Blue Building Finders – Temporada 15 (Gloob e Globoplay)
• SUN – Temporada 1 (Amazon Prime Video)
• Manhã de setembro – 1ª temporada (Amazon Prime Video)
• TUNE – Temporada 2 (Netflix)

Melhor Série de Fantasia Brasileira, Produção Independente – TV Aberta

• Materiais Externos do Além – Temporada 1 (SBT).
• Laboratório de ALOPRADO – Temporada 1 (TVE-RS)
• Sob Pressão – Temporada 4 (Globo)

Melhor Curta de Animação

• Aurora – A Rua Que Queria Ser Rio, de Radhi Miron.
• Bachchan, de Esther Harumi Kauai.
• Cenas da infância, de Kimberly Palermo.
• Mitos Aporéticos em Reprodução, de Julia Vellotini e Wesley Rodrigues.
• SOLIDÃO, de Tami Martins.

Melhor Curta-Metragem Documentário

• A Fome de Lázar, de Diego Benevides.
• Low Fire in the Highlands, de Helena Eggs.
• Era a Hora da Poesia, de Petros Carrere.
• MÃE SOLO, de Camila de Moraes.
• YAÕKWA, Imagem e Memória, de Rita Carrelli e Vincent Carrelli.

Melhor curta-metragem

• A Máquina Infernal, de Francis Fogner Dos Reis.
• ATO, Postado por Barbara Paz.
• Céu de agosto, de Yasmine Tenucci.
• Terreno da Fábrica, de Nina Copco.
• A paciência selvagem me trouxe aqui, de Erica Sarmet.

Melhor Filme Ibero Americano

Noite de Fogo (México)
“Aranha” (Argentina, Brasil, Chile)
“Wrong Heart” (Brasil, Argentina, Chile, Espanha e Holanda)
“EMA” (Chile)
“Ofensa Geral” (Argentina)

Melhor filme internacional

Druke (Dinamarca)
“DUNA” (EUA)
“Meu pai” (PT)
NOMADLAND (EUA)
“Verão da Alma” (EUA)

Não deixe de assistir:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.