Lilium se expande para o Brasil com negócio de US $ 1 bilhão com a Azul

A Lilium está expandindo suas operações para o Brasil por meio de uma nova parceria com a Azul. (lírio)

A Lilium está transferindo sua rede de táxis elétricos para o Brasil por meio de uma nova parceria com a companhia aérea brasileira Azul SA, que inclui um pedido de US $ 1 bilhão, anunciou a empresa em 2 de agosto.

A nova parceria vai construir uma rede exclusiva de aeronaves Lilium elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL), segundo o comunicado. EVTOL de Lilium, e Avião de 7 lugaresSerá uma aeronave com emissões zero projetada para mobilidade aérea regional com um alcance de 40 a 200 km.

“A Azul trouxe voos convenientes e acessíveis para mercados mal atendidos nas Américas e isso a torna uma parceira ideal para a Lilium”, disse Daniel Wigan, co-fundador e CEO da Lilium, em um comunicado. “Estamos entusiasmados por trabalhar com a equipe veterana da Azul para lançar nossa rede eVTOL co-branded no Brasil.”

Por meio da parceria, a Azul receberá 220 aeronaves Lilium para operação e manutenção na malha construída pelas duas empresas, segundo o comunicado. As empresas esperam que a rede comece a operar em 2025. Lilium espera que certificado da US Federal Aviation Administration (FAA) e da European Union Aviation Safety Agency (EASA) em 2024 por meio de um Acordo Bilateral de Segurança da Aviação (BASA).

“A Azul é a maior companhia aérea doméstica do Brasil em termos de número de cidades atendidas e partidas diárias”, disse John Rodgersson, CEO da Azul, em um comunicado. “Nossa presença de marca, rede de rotas única e programa de fidelidade robusto nos dão as ferramentas para criar mercados e demanda para a rede Lilium Jet no Brasil. Como temos feito no mercado doméstico brasileiro nos últimos 13 anos, estamos ansiosos para trabalhar novamente , agora com Lilium Jet, para criar um mercado totalmente novo para os próximos anos. ”

READ  Homem-Aranha: No Way Home foi revelado como o terceiro filme MCU de Spidey

A Lilium será responsável pelo monitoramento da saúde da aeronave e reposição de baterias e peças sobressalentes de bordo, de acordo com o comunicado. Lilium anunciou recentemente uma parceria com células alfandegárias Para fabricar baterias para eVTOL. A empresa também dará suporte ao receber aprovações regulatórias no país.

“Desde a fundação da Azul, há 13 anos, o mercado brasileiro de aviação dobrou, com a Azul respondendo por quase 60% do crescimento”, disse David Neleman, presidente do conselho de administração da Azul, em um comunicado. “Sabemos como criar e fazer crescer novos mercados e, mais uma vez, vemos grandes oportunidades de mercado trazendo a Lilium Jet para o Brasil.”

Lilium também anunciou as nomeações para seu conselho de diretores: Gabrielle Toledano, COO da Keystone Strategy LCC, e Henri Courpron, fundador e presidente da Plan view Partners LLC, de acordo com o comunicado.

“Voar sem emissões não é uma questão de ‘se’, mas de ‘quando’. Com seu design exclusivo, Lilium reúne novas ideias e talentos com executivos competentes e tecnologia sob a visão e liderança de Daniel”, disse Corbron em um comunicado. “Estou muito feliz em receber um convite para transmitir décadas de experiência para a próxima geração de inovadores e líderes da aviação.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.