INSIGHT: Grandes empresas químicas brasileiras estão à venda em meio ao aumento de fusões e aquisições

HOUSTON (ICE IS) – Duas das maiores empresas químicas do Brasil, Braskem e Oxyteno, estão à venda, já que uma terceira está atraindo uma oferta de uma empresa de private equity dos Estados Unidos.

Enquanto isso, Petrobras continua a venda muitas de suas refinarias.

Ao todo, grande parte da capacidade petroquímica do Brasil pode mudar.

Os proprietários da produtora de poliolefinas Braskem e da produtora de surfactantes Oxiteno reconheceram a vontade de vender as empresas.

Alegadamente, uma terceira empresa, a produtora de vinil Unipar Carbocloro atraiu uma oferta
Da empresa de private equity Apollo, de acordo com artigo do Brazilian Business Bulletin Valor Econômico.

Por que brasil
Flavio Alves, diretor-gerente da Accenture Consulting, disse que o aumento da negociação no Brasil é parte de uma tendência maior de aumento da atividade em fusões e aquisições (M&A). Ele lidera o portfólio de produtos químicos e recursos naturais da Accenture no Brasil.

Alves falava de fusões e aquisições e da indústria química em geral sem se referir a nenhuma empresa específica.

Ele disse que os investidores estão cada vez mais confiantes quanto à recuperação da economia global e ao crescimento futuro.

Economistas ouvidos pelo banco central do Brasil esperam que o produto interno bruto do país cresça 4,36% em 2021, acima das expectativas de 3,21% de quatro semanas atrás.

Alves disse que as tendências na indústria química estão aumentando as fusões e aquisições. As empresas ajustam suas carteiras de investimento. Os custos das matérias-primas continuam mudando entre as regiões do mundo.

Para o Brasil em particular, disse ele, o governo tem pressionado para aumentar os investimentos na indústria de petróleo e gás do país.

READ  Aumento do número de empresas nas zonas francas dos Emirados Árabes Unidos

Giovanni Cordero, economista-chefe da Deloitte Brasil, disse que o novo decreto da lei do gás do país entrou em vigor e visa tornar a indústria do gás mais competitiva.

saída de alta potência Aumentaria a oferta de matéria-prima para a indústria química. O Brasil tem crackers que podem usar nafta ou etano, o que abre perspectivas de expansão futura se mais matérias-primas estiverem disponíveis ao preço certo.

A Braskem há muito afirma que a proposta de expansão de sua unidade de cracker de gás em Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro Depende do acesso à matéria-prima competitiva.

Como matéria-prima renovável, a cana-de-açúcar brasileira oferece uma vantagem competitiva em relação a outras partes do mundo que dependem de diferentes safras para açúcar.

Além da possibilidade de ter mais matéria-prima, disse Alves, o grande e competitivo mercado agrícola brasileiro torna as empresas locais atrativas.

“Especificamente, em agroquímicos, é um mercado em franca expansão, junto com fertilizantes, porque as empresas estão investindo para acompanhar o crescimento da produção de commodities agrícolas”, disse. “Espera-se que essa demanda continue crescendo à medida que a necessidade global de alimentos continua crescendo.”

Alves disse que o Brasil é um dos poucos países do mundo com terras agricultáveis, mesmo levando em consideração o endurecimento das regulamentações ambientais. O setor agrícola no Brasil tem espaço para se expandir, para que as empresas químicas que atendem esse setor possam crescer com ele.

Eles incluem as empresas que fabricam fertilizantes, bem como herbicidas, pesticidas e fungicidas.

O uso de produtos plásticos Em estufas, silobgs e filmes de cobertura morta. A fruta destinada à exportação é embalada em filmes de barreira ao oxigênio para estender sua vida útil.

READ  Altos funcionários americanos e japoneses dizem que o comportamento da China está em conflito com o sistema internacional

Outro atrativo, disse Alves, é o crescente interesse por cadeias de suprimentos flexíveis. O Brasil tem matérias-primas nacionais de petróleo, gás e materiais biológicos. Possui fábricas de produtos químicos locais e grandes mercados locais. “Os riscos típicos da cadeia de suprimentos relacionados aos fluxos de comércio global ou remessas globais são significativamente reduzidos”, disse ele.

Cordero, da Deloitte Brasil, observou que a demanda por produtos químicos usados ​​na construção aumentou, refletindo um aumento geral na demanda por moradias devido às taxas de juros mais baixas e aos trabalhadores domiciliares.

Como Elvis, Cordero falava de maneira geral e não mencionou nenhuma empresa específica em seus comentários.

A única tendência que vai contra a indústria é possível Retirada da isenção tributária concedido pelo Brasil à indústria química.

O crédito tributário, denominado Sistema Especial da Indústria Química (REIQ), diminui a alíquota de PIS / COFINS que a indústria química paga sobre os insumos. irá avaliar aumento gradual, com base em legislação pendente no Congresso.

Após 2021, as perspectivas econômicas do Brasil tornam-se mais fracas. Economistas consultados pelo banco central esperam que o PIB cresça 2,31% em 2022 e 2,50% em 2023.

recentemente, O economista Ele publicou uma seção especial sobre o Brasil, que destacou que a economia do país está menor agora do que era em 2011.

Empresas estão à venda
De longe, a maior das três é a Braskem, que possui todos os crackers brasileiros, bem como as fábricas de polietileno (PE) e polipropileno (PP).

A construtora Nuvonor, maior acionista da Braskem, disse que a venda de sua participação faz parte do plano de sair da falência. A Novonor voltou a pedir concordata quando passou a se chamar Odebrecht.

Entre as empresas relatadas Interessada em adquirir a participação da Novonor está a empresa de private equity Advent International e Fundo Soberano de Riqueza para compradores de Mubadala.

READ  Bolsonaro diz que Covid vai durar para sempre e o isolamento não leva a lugar nenhum

Ambos foram relatados na publicação brasileira
Estado de são paulo.

A Braskem encaminhava dúvidas sobre potenciais compradores para a Novonor.

Novonor disse que sua posição não é comentar sobre relatos de compradores em potencial.

A Advent disse que não comenta relatos de aquisições.

Mubadala não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A Petrobras, a segunda maior acionista, anunciou repetidamente sua intenção de vender sua participação na Braskem. A Petrobras detém 36,15% do capital total da Braskem, ante 38,33% da Novonor.

A Unipar Carbocloro atraiu o interesse da empresa de private equity Apollo, Como eu mencionei antes Valor Econômico.

Apollo não quis comentar. A Unipar Carbocloro não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A Oxiteno atraiu o interesse da produtora tailandesa de surfactantes Indorama Ventures and Advent, Como eu mencionei antes Valor Econômico.

O Indorama não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Recusou-se a comentar.

A Oxiteno também atraiu o interesse da produtora americana de surfactantes Stepan, para mim Estado de são paulo.

Stepan não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A Oxiteno informou em comunicado que sua controladora, a Ultrapar, continua avaliando seu portfólio de negócios com o objetivo de maximizar valor para seus acionistas e demais stakeholders. “Quaisquer decisões de desinvestimento que possam resultar desta prática serão comunicadas ao mercado em tempo hábil, conforme determinado pelas leis e regulamentos aplicáveis.”

entendimento Al Greenwood

A miniatura mostra a bandeira do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *