IMO: reeleição da Índia para o Conselho da IMO

A Índia foi reeleita para o Conselho da Organização Marítima Internacional (IMO) após as eleições realizadas em sua Assembleia em Londres para o biênio 2022-23.

As eleições da Índia se enquadram na categoria dos 10 estados “de maior interesse no comércio marítimo internacional”, junto com Austrália, Brasil, Canadá, França, Alemanha, Holanda, Espanha, Suécia e Emirados Árabes Unidos.

O Conselho recém-eleito se reunirá formalmente no encerramento da 32ª Assembleia Internacional da 126ª sessão da IMO na quarta-feira, quando ele elegerá seu presidente e vice-presidente para o próximo mandato de dois anos.

“A Índia foi reeleita para o Conselho da IMO”, disse o Alto Comissariado da Índia em Londres em um comunicado no Twitter após a eleição na sexta-feira.

“A delegação da Índia à IMO estende seus sinceros agradecimentos a todos os Estados membros e espera trabalhar com todos para a realização de nossos objetivos comuns”, disse o comunicado.

O Conselho é o órgão executivo da Organização Marítima Internacional e é responsável, sob a direção da Assembleia, por supervisionar o trabalho da organização. Entre as sessões da Assembleia, o Conselho desempenha as funções da Assembleia, exceto para fazer recomendações aos governos sobre segurança marítima e prevenção da poluição.

China, Grécia, Itália, Japão, Noruega, Panamá, República da Coréia, Federação Russa, Reino Unido e Estados Unidos foram eleitos para o Conselho na categoria de dez países com “maior interesse em fornecer serviços de frete internacional ”

Enquanto isso, 20 outras nações não eleitas dentro das duas categorias foram eleitas para o conselho para garantir que todas as principais regiões geográficas do mundo sejam representadas como tendo “interesses especiais em transporte marítimo ou navegação”. Os 20 países da lista são Bahamas, Bélgica, Chile, Chipre, Dinamarca, Egito, Indonésia, Jamaica, Quênia, Malásia, Malta, México, Marrocos, Filipinas, Catar, Arábia Saudita, Cingapura, Tailândia, Turquia e Vanuatu.

READ  Congresso Brasileiro permite que a Eletrobras seja privatizada na votação final

A 32ª Assembleia da Organização Marítima Internacional está atualmente reunida na Sede da IMO em Londres, de 6 a 15 de dezembro. Todos os 175 Estados Membros e três Membros Associados têm o direito de participar da Assembleia, que é o órgão máximo de governo da Organização Marítima Internacional.

São convidadas a participar organizações intergovernamentais com as quais foram celebrados acordos de cooperação e organizações não governamentais internacionais com estatuto consultivo junto da Organização Marítima Internacional.

A Assembleia normalmente se reúne uma vez a cada dois anos em sessão ordinária. É responsável por aprovar o programa de trabalho, votar o orçamento e definir as modalidades de financiamento da organização. Ele também elege o Conselho de 40 membros da Organização nessas reuniões para o próximo mandato de dois anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *