IEA contribui com relatório do governo brasileiro sobre eficiência energética no setor de frete rodoviário – Notícias

O Brasil tem oportunidades significativas de melhorar a intensidade energética do setor de frete rodoviário, que é responsável por cerca de 13% da demanda de energia do país, de acordo com relatório da Agência de Pesquisa Energética do país (EPE), que inclui contribuições notáveis ​​do International Energy Research Office. Agência. .

o relatório, Transporte rodoviário de carga: padrões internacionais, hoje em inglês e português pela EPE, que assessora o Ministério de Minas e Energia do Brasil. As contribuições da IEA para o relatório incluem análises técnicas e o desenvolvimento de estudos de caso, destacando a forte colaboração da agência com instituições importantes nesta importante economia emergente.

A análise examina como a eficiência do setor de frete rodoviário do Brasil se compara nas últimas décadas com a de outras grandes economias. Ele identifica o impacto da eficiência do combustível, combustíveis alternativos e mudanças de paradigma, bem como o impacto de políticas e programas. Em seguida, destaca estudos de caso internacionais que podem fornecer insights para melhorar a política futura no Brasil, onde o setor de frete rodoviário consiste principalmente de veículos pesados.

A análise resultou de uma estreita colaboração entre a IEA e a Agência de Energia Renovável, refletindo o valor de intercâmbios técnicos detalhados no auxílio à tomada de decisões. As duas organizações colaboraram em várias publicações importantes nos últimos anos, mais recentemente no início de 2021, quando a Agência Internacional de Energia contribuiu com dois capítulos para o livro brasileiro. Atlas de Eficiência Energética. O Brasil é o maior consumidor individual de energia da América do Sul e um dos oito países da International Energy Agency Association, que trabalha em estreita colaboração com a agência em questões energéticas críticas.

READ  Brasil confirma casos de vacas loucas; Parada da exportação de carne bovina da China | Notícias de negócios e economia

o Transporte rodoviário de carga: padrões internacionais O relatório representa o sucesso contínuo do trabalho do IEA com a EPE e outras instituições brasileiras. O Brasil é um parceiro-chave no programa de Eficiência Energética em Economias Emergentes (E4) da Agência, que busca construir capacidade e apoiar melhorias de eficiência energética em alguns dos maiores consumidores de energia do mundo. A IEA espera continuar a cooperação com o Brasil.

Você pode acessar o relatório em inglês Aqui.

Versão em português disponível Aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *