Grande nova rodada de Nubank, regras de leilão 5G lançadas, início do open banking

Bem-vindo ao tour no Brasil desta semana de tecnologia e inovação, com uma seleção de três grandes empreendimentos do ecossistema da maior economia da América Latina. Primeiro, a história principal da semana foi: Anúncio da última rodada de financiamento do gigante das fintech Nubank, O que a colocou entre as instituições financeiras mais valiosas da América Latina.

Além disso, o governo Jair Bolsonaro emitiu regras para o próximo Leilão 5G Olhando para o futuro, o Brasil se prepara para entrar Banco aberto.

Uma nova turnê coloca Nubank entre as firmas financeiras mais valiosas da América Latina

Tecnologia financeira baseada no Brasil Nubank É uma das empresas financeiras mais valiosas da América Latina após o anúncio da rodada de US $ 400 milhões da Série G nesta quinta-feira (27). O investimento foi liderado pelo Fundo Soberano de Cingapura GICFundo de hedge Pedra de baleia E Global Asset Manager Invisco. Os novos patrocinadores juntaram-se a fundos que haviam apoiado as rodadas anteriores de Nubank Tencent, Dragonair, Ribbit Capital E a Sequóia.

O banco digital não confirma seu valor de mercado preciso, mas a nova rodada eleva o número para cerca de US $ 25 bilhões. Isso coloca a Nubank entre as cinco empresas de serviços financeiros mais valiosas da América Latina, à frente de instituições como o mais antigo banco brasileiro, parcialmente controlado pelo estatal Banco do Brasil.

O financiamento de novas fintechs será destinado à sua expansão internacional, principalmente no México e na Colômbia. A empresa lembrou que no México, onde a expansão internacional da empresa começou em março de 2019, ela já é uma das seis maiores emissoras de cartões de crédito, com mais de 1 milhão de pedidos de cartão roxo sem taxas para a empresa.

Na Colômbia, o CEO da Nubank David Velez Em seu país natal, a empresa atraiu o interesse de 200.000 clientes, quatro meses após o lançamento de suas operações domésticas em setembro de 2020, informou a Fintech. A empresa também possui operações na Argentina, que foram lançadas em outubro de 2019.

Desde sua turnê anterior de $ 400 milhões em julho de 2019 (que avaliou a empresa em $ 10 bilhões), Nubank expandiu sua base de clientes de 12 para 34 milhões de clientes nos mercados latinos em que opera. Com novos investimentos, a fintech atraiu US $ 1,2 bilhão em financiamentos ao longo de seu início em 2013.

***

“Ainda é o primeiro dia.” Essa é uma frase que Velez costuma citar ao falar sobre a trajetória de crescimento de sua empresa desde sua criação em São Paulo em 2013, e as perspectivas futuras.

Portfólio de produtos fintech existente que inclui cartão de crédito, conta bancária digital, seguros e investimentos, apoiado pela aquisição de uma empresa de investimento Eisenvest Em 2020. Velez disse A diversificação será a base da estratégia em 2021 da empresa, que também monitora possibilidades fora de seu foco atual:

“Apesar de nosso foco em serviços financeiros, não vemos limites para as maneiras como o Nubank pode lidar com complexidades e ter um impacto transformador na vida das pessoas. Costumo dizer que ainda estamos no” primeiro dia “. Velez disse sobre as perspectivas futuras para a empresa , que Seus líderes falaram da possibilidade de parceria com players do mercado, ao invés de construir seu próprio ecossistema.

Governo brasileiro define regras antes do leilão 5G

Ontem (29) o governo brasileiro baixou um decreto estabelecendo uma série de regras antes do leilão 5G do país. Entre as limitações está a criação de uma rede privada criptografada e de alta segurança para comunicação estratégica entre órgãos do governo federal.

Segundo o Ministério das Comunicações, “as empresas que fornecerão os equipamentos para essa rede deverão ter um padrão de transparência e governança corporativa compatível com os exigidos pelo mercado de ações brasileiro”.

Um aliado do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, o atual presidente brasileiro Jair Bolsonaro fez uma inclinação para parar o gigante da tecnologia Huawei Do fornecimento de equipamentos às redes sem fio 5G de última geração no Brasil.

Como parte dos esforços para garantir sua sobrevivência no mercado brasileiro, a empresa chinesa nomeou um ex-chefe de Estado brasileiro Michel Tamer Professor de Direito Constitucional e advogado como consultor. Ao confirmar a nomeação no início deste mês, a gigante da tecnologia disse que estava “comprometida em ser transparente com todas as partes interessadas”.

Olhando para o futuro: o lançamento do banco aberto no Brasil

Na próxima segunda-feira marca (1) entrada Banco aberto No Brasil, uma estrutura fornece uma maneira segura de fornecer aos provedores de serviços acesso às informações financeiras dos consumidores.

O projeto será implementado sob uma abordagem em fases até o final do ano, como parte de uma agenda conduzida Banco Central do Brasil Tem como objetivo estimular a competição e promover a modernização, bem como a educação financeira do país.

A fase de lançamento verá as organizações fornecerem informações sobre seus canais de atendimento, bem como os produtos e serviços oferecidos por cada organização, e não incluirá dados de clientes. A segunda fase, que termina em julho, verá as organizações capazes de trocar dados sobre clientes e suas transações com seu consentimento.

Na terceira fase, prevista para ocorrer em agosto, os clientes poderão pagar contas e fazer transferências de dinheiro fora do ambiente ou aplicativo de banco online de seu banco, por meio de uma plataforma intermediária.

A quarta e última fase, com término previsto para dezembro, ainda é objeto de discussões técnicas entre os participantes e refere-se ao compartilhamento de outros dados financeiros dos clientes, como produtos e serviços sobre câmbio, investimentos, seguros e folha de pagamento contas.

READ  Exposição de defesa em Abu Dhabi para mostrar empresas brasileiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *