Grande convite do UFC: Israel Adesanya será nocauteado em Nova York

Israel Adesanya tende a perder sua próxima defesa dos médios no UFC com uma derrota por nocaute.

Uma previsão extrema vem do ex-campeão da Segunda Divisão do UFC Henri Segudo, que acredita que o adversário brasileiro de Adesanya, Alex Pereira, tem poder de ataque superior em uma batalha que provavelmente será decidida nos pés e não no chão.

Adesanya defende seu título no UFC 281 em Nova York em 13 de novembro (NZT). É uma batalha difícil para o Kiwi nigeriano, já que Pereira venceu duas vezes Adesanya no kickboxing – uma por votação unânime em 2016 e depois por nocaute à esquerda um ano depois.

Israel Adesanya ocupará sua mão contra o brasileiro Alex Pereira em Nova York.

Carmen Mandato / Getty Images

Israel Adesanya ocupará sua mão contra o brasileiro Alex Pereira em Nova York.

Pereira é um ex-campeão de kickboxing peso-pesado e peso-médio do Glory que transferiu suas habilidades para a cena do MMA.

Consulte Mais informação:
* UFC fecha misteriosamente show no campus de Vegas para fãs e mídia
* ‘Energia positiva’: Ex-lutador do UFC Elias Theodoro morre aos 34 anos
* ‘Acontecerá’: King in the Ring Champion Navajo Sterling pretende se tornar uma estrela do UFC
* Robert Whitaker defende Israel Adesanya por alegações ‘chatas’

Ele tem um cartel de 6-1 no cage e está em três lutas invictas no UFC que inclui duas lutas de Night Shows.

Segudo, o ex-campeão olímpico de luta livre que foi campeão peso-galo e peso-mosca do UFC em uma campanha de 16-2 até 2020, sente que Pereira tem mais rodadas de jogo do que Adesanyan e pode ser no Madison Square Garden.

“Acho que Alex vai conseguir”, disse Sejudo. Seu canal no YouTube.

O brasileiro Alex Pereira tem força para sustentar seu grande estilo no UFC.

Carmen Mandato / Getty Images

O brasileiro Alex Pereira tem força para sustentar seu grande estilo no UFC.

“É por isso que é tão importante como um artista misto ficar bom. Você não é apenas um atacante com uma boa defesa. Porque o que acontece quando você pega aquele outro bom atacante que tem rebatidas melhores do que você e você não consegue pegá-lo Porque é onde estamos agora.” Com Pereira e Adesanya.

“Apesar da qualidade de Israel, Alexandre ainda teve uma pancada melhor. Ele nocauteou na última vez que lutou e acertou na primeira. Se essa luta continuar em ritmo acelerado, tenho que ir com Pereira.

“Ganhei o Pereira por nocaute. Acho que ele tem mais versatilidade e coisas assim. Ele me impede quando eu minto.”

O bicampeão do UFC Henry Cejudo agora compartilhou suas opiniões sobre o jogo de luta.

Sarah Steer/Getty Images

O bicampeão do UFC Henry Cejudo agora compartilhou suas opiniões sobre o jogo de luta.

Mas o americano Jared Cannonier, o último homem a perder para Adesanya, acredita que o Kiwi ainda pode vencer Pereira, reforçando sua experiência superior no MMA.

Adesanya está invicto na divisão dos médios do UFC com sua única derrota quando subiu para a divisão dos meio-pesados ​​e foi derrotado por pontos por Jan Blachowicz em março de 2021. Adesanya tem um cartel de 23-1 no MMA com 15 vitórias por nocaute.

“Ela definitivamente prefere mais Izzy”, disse Cannonier a Helen Yee sobre o tempo comparável de Adesanya na jaula.

“Ele está aqui há mais tempo. Ele passou por todos esses pentatlos com os melhores do nosso esporte, então é definitivamente diferente. Ele definitivamente tem experiência nesse sentido.”

Israel Adesanya está invicto na divisão dos médios do UFC.

Carmen Mandato / Getty Images

Israel Adesanya está invicto na divisão dos médios do UFC.

Cannonier, que foi longe contra Adesanya para perder por pontos unânimes em Las Vegas em julho, acredita que o kiwi também fez pequenas diferenças em seu jogo ofensivo desde sua saída do kickboxing.

“Ele mudou ainda mais seu estilo de kickboxing para o MMA”, disse Cannonier.

“Alex ainda tem uma espécie de regra do kickboxing, a atitude dele. Para não dizer que dói, mas pode ser explorado no MMA.

“Acho que a vantagem está com Israel nesse sentido.”

READ  Os Warriors retiraram o atacante Guy Santos do Brasil no final da segunda rodada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.