Gol de Lucas Paquetá manda o anfitrião Brasil ultrapassar o Peru para a final da Copa América | Taça américa

Muitos jogadores brasileiros não quiseram participar da Copa América. Depois que a Seleção chegou à final com uma vitória por 1 a 0 sobre o Peru na segunda-feira, alguns jogadores disseram que esperavam ver seu arquirrival no sábado, no Maracanã.

“Quero a Argentina na final”, disse Neymar após a partida, que aconteceu no Nelton Santos, no Rio de Janeiro. “Torço por eles porque tenho muitos amigos lá. Na final, o Brasil vai ganhar.”

Argentina e Colômbia jogam a outra semifinal na terça-feira.

Neymar fez a diferença no gramado do estádio Nelton Santos, no Rio de Janeiro. O único gol da partida veio aos 34 minutos, depois de enganar o zagueiro Alexander Kalins na margem esquerda da área e ajudar Lucas Paquetá, que empurrou para a rede.

O goleiro peruano Pedro Galeese foi um dos melhores jogadores da partida, apesar da eliminação de seu time. Ele fez dois sutiãs difíceis de curta distância aos 18 minutos, um de Neymar e outro de Richarlison, o que poderia ter permitido ao Brasil vencer mais cedo.

O Brasil deu a impressão de que poderia marcar quando quisesse contra o Peru, equipe que derrotou a Seleção por 4 a 0 na fase de grupos do torneio. Mas a segunda parte foi muito diferente, com Gianluca Lapadula a obrigar Ederson a defender a bola aos 49 minutos com um cruzamento. O Brasil ainda teve chances, mas continuou desperdiçando no contra-ataque.

O Brasil busca seu décimo título no Campeonato Sul-Americano em sua nona final nas últimas 14 edições do torneio, que se transferiu para o Brasil depois que Argentina e Colômbia desistiram de sediar o torneio por temor de Covid-19.

“Hoje estivemos fortes na defesa, todos nos ajudaram, é disso que precisamos para conquistar títulos”, disse o médio Casemiro. Ele foi um dos jogadores que criticou a organização antes do início do torneio por ter enviado o troféu ao Brasil.

O Brasil tem números alarmantes de Covid-19 e uma crise em sua federação de futebol que levou à suspensão do presidente Rogério Capoclo após ser acusado de assédio sexual. Kabuclo nega qualquer irregularidade.

Há dois anos, o Brasil conquistou o título sem lesão para Neymar na vitória por 3 a 1 sobre o Peru. A final do próximo sábado, que será jogada diante de todos os fãs devido à pandemia de Covid-19, deve ser ainda mais desafiadora.

READ  Lembra dela? Aos 90 anos, atriz de 'Sabrina' surpreende com visual mais jovem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.