GEB continua sua expansão no Brasil: Adquiriu 5 novas concessões de transmissão de energia

GEB. comunicado de imprensa

As concessões totalizam 2.416 quilômetros de linhas de transmissão de 500 e 230 kV na Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte, além dos 1.743 já detidos pela Argo, subsidiária na qual a GEB tem participações iguais. Este país com Redeia, como hoje é chamado Red Eléctrica de España.

– Juan Ricardo Ortega, Presidente do Banco GEB, confirmou que este investimento contribui para atingir os objetivos do plano estratégico da empresa e consolidar a posição da empresa nos primeiros pólos do setor na região.

Bogotá, 1º de agosto de 2022. O Grupo Energía Bogotá (GEB) deu um novo e importante passo no processo de expansão na América Latina: diretamente e por meio de suas subsidiárias, a empresa brasileira Argo Energia Empreendimentos e Participações SA (Argo – que mantém com a espanhola Redeia -) e Gebbras Participações Ltda (Gebras)) para adquirir 100% das ações ordinárias de cinco Concessões de Transmissão de Energia Elétrica do Nordeste.

São as concessões Esperanza Transmissora de Energia SA, Odoyá Transmissora de Energia SA, Transmissora José Maria de Macedo de Eletricidade SA, Giovanni Sanguinetti Transmissora de Energia SA e Veredas Transmissora de Energia SA, localizadas nos estados da Bahia, Ceará, Paraíba e Minas Gerais e Rio Grande do Norte. Entrou em operação comercial entre 2017 e 2021; Eles somam 2.416 quilômetros de linhas de transmissão de 500 kV e 230 kV e 20 subestações.

A aquisição desses ativos, por aproximadamente US$ 834 milhões, permitirá à Argo dobrar seu tamanho, que já possui 1.743 km de linhas de transmissão de 500 kV e 230 kV e 13 subestações em pleno funcionamento nos estados do Ceará, Maranhão, Minas Gerais e Pernambuco. , Piauí e Rondônia, em franquia há 30 anos, posiciona-se como uma das líderes de mercado em transmissores privados na região Nordeste do Brasil, uma das regiões com maior potencial de energia renovável e necessidades de desenvolvimento de rede no Brasil.

READ  Supremo Tribunal Federal ordena investigação de Bolsonaro por espalhar desinformação sobre vacina, World News

A Argo será proprietária das cinco empresas com 62,5% e a GEB adquirirá o restante diretamente por meio de sua empresa de investimentos Gebbras. A Argo receberá capitalização igual (50%-50%) de seus sócios GEB e Red Eléctrica Brasil Holding LTDA (REB), subsidiária da espanhola Redeia (ex-Grupo Red Eléctrica) para fazer esse investimento.

O fechamento da operação está sujeito ao cumprimento de certas pré-condições e aprovação pelas autoridades reguladoras no Brasil, incluindo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Juan Ricardo Ortega, Presidente do GEB, indicou que através deste investimento a empresa continua a atingir os objetivos do plano estratégico da empresa num dos mercados mais atrativos para o setor de transmissão de eletricidade, como o Brasil, e que tem mais de 162 mil . Quilômetros de linhas de transmissão e grande potencial em energias renováveis.

Acrescentou que esta nova aquisição continua a consolidar a GEB como um player relevante na cadeia energética da América Latina, onde, além da Colômbia e do Brasil, tem operações no Peru e na Guatemala.

“É um passo importante não só para a empresa, mas também para a Colômbia, onde temos que pensar a energia como nosso setor de maior projeção internacional; podemos ser o pilar da interconexão na América Latina e o motor da eletrificação das Américas. ”, enfatizou Ortega.

No Brasil, a Argo foi comprada em partes iguais pelo GEB e Redeia. Com a Gebras, tem 1.094 quilômetros de redes de transmissão e 15 subestações em operação.

O Grupo Energía Bogotá atualizará o mercado sobre o andamento do fechamento do negócio.

Sobre o Grupo Energía Bogotá

Com mais de 125 anos de história, o Grupo Energía Bogotá (GEB) é um grupo empresarial líder na transmissão e distribuição de eletricidade e na transmissão e distribuição de gás natural na Colômbia, Peru, Brasil e Guatemala. Na Colômbia, desenvolve projetos de energia elétrica por meio de transmissão. Com a TGI, é a número um no transporte de gás natural com mais de 4.000 km de gasodutos. No Peru, ocupa o primeiro lugar na distribuição de gás natural com suas duas empresas Cálidda e Contugas e está presente na distribuição de energia com a Electro Dunas. No Brasil está presente com Gebbras e Argo e na Guatemala é número um em transmissão de energia elétrica com Trecsa e Eebis.

READ  Brasil - Telecom, móvel e banda larga

Para maiores informações

[email protected] e/ou 3163323365

[email protected] e/ou 3102733793

Este comunicado de imprensa foi publicado em inglês usando um sistema de tradução automática.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.