Fluxo de comércio do Brasil com os países árabes é de US $ 2,56 bilhões

Imagem usada para fins ilustrativos.

Sajjad Ahmad, O Golfo hoje

O Brasil é um dos maiores parceiros comerciais dos países árabes e o volume de comércio entre o Brasil e os países árabes tem apresentado crescimento significativo nos últimos anos.

A Câmara de Comércio Árabe Brasileira (ABCC), dados mais recentes, revelou que a balança comercial do Brasil com os países árabes registrou aumento de 12,5% em janeiro e fevereiro de 2021 em relação ao desempenho dos mesmos meses do ano passado, registrando um valor total de $ 2,56. Um bilhão.

De acordo com os números, as exportações brasileiras para os países árabes no primeiro bimestre deste ano somaram US $ 1,78 bilhão, um aumento de 12,69% em relação a 2020.

A Câmara de Comércio Árabe Brasileira confirmou que o resultado do superávit manteve um desempenho positivo.

“O desempenho comercial do Brasil no primeiro bimestre deste ano mostrou a força das relações comerciais entre o Brasil e a região árabe e também reflete uma tendência de crescimento em meio a intensos esforços de recuperação econômica com o impacto da pandemia COVID-19, conforme a vacinação continua ”, disse Rubens Hanoun, presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, com medidas cautelares fortes em andamento nesses mercados.

Ele acrescentou: “O processo de revitalização em curso dá um novo fôlego para que o Brasil e os países árabes continuem diversificando os produtos comerciais em prol de insumos da cadeia de suprimentos e bens intermediários, além de produtos finais de maior valor agregado. No engajamento do Brasil e dos países árabes. explorar outras áreas que expandiriam ainda mais a aliança comercial atual. ”

A região árabe continua sendo o terceiro maior destino de bens e produtos do país sul-americano, depois da China e dos Estados Unidos. Nesse período, o valor das exportações brasileiras para a Arábia Saudita foi de US $ 296,87 milhões. Egito $ 288,69 milhões. E os Emirados Árabes Unidos com US $ 204,81 milhões. Os produtos mais exportados pelos países árabes são minérios e concentrados de ferro, incluindo pirita de ferro torrada. Aves frescas, refrigeradas ou congeladas; Cana-de-açúcar ou beterraba e sacarose quimicamente pura; milho; E produtos de carne. O valor das mercadorias importadas dos países árabes para o Brasil somou 777,69 milhões de dólares no mesmo período, enquanto as principais commodities importadas da região incluem fertilizantes, combustíveis minerais, óleos minerais, plásticos e alumínio. Os países árabes foram o sexto maior fornecedor das importações brasileiras.

READ  Brasil concorda em medir cortes de energia

Separadamente, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) anunciou que participantes do país fecharam negócios comerciais estimados em US $ 33,2 milhões na recém-concluída exposição Gulfood 2021, em Dubai.

Vários pavilhões do Brasil foram mostrados nos prospectos da feira, totalizando US $ 236,7 milhões nos meses seguintes, de acordo com a Apex-Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *