FIFA confirma decisão sobre jogadores do Manchester United e do Manchester City em pausa internacional

A decisão foi tomada para permitir que jogadores brasileiros da Premier League voltem para suas missões internacionais esta semana, após uma situação cômica durante a recente pausa internacional.

Devido às regras de quarentena do governo do Reino Unido, os jogadores que deixavam para jogar em países da “lista vermelha” foram forçados a isolar-se por 10 dias após seu retorno à Inglaterra, o que levou a maioria dos clubes da Premier League a proibir qualquer jogador afetado de representar seus países em setembro.

Apenas Spurs e Aston Villa liberaram os jogadores, e os internacionais argentinos foram questionados no centro de uma situação notável quando as autoridades de saúde brasileiras entraram em campo logo após o início das eliminatórias da Copa do Mundo para exigir que a partida fosse interrompida, dizendo que jogadores estavam desligados. Quebre as regras sanitárias.

A partida foi abandonada e a Confederação Brasileira tentou impedir que jogadores proibidos fossem convocados de seus clubes por mais cinco dias após o intervalo para as seleções. No entanto, conversas tardias impediram que isso acontecesse, com o meio-campista do Manchester United Fred e a dupla do Manchester City, Ederson e Gabriel Jesus, ambos correndo o risco de não jogar.

Desde então, os dirigentes pediram que uma solução fosse encontrada antes da pausa internacional em outubro, que começa na segunda-feira, e a FIFA divulgou um comunicado na noite de domingo para confirmar que os jogadores totalmente vacinados podem ir para o serviço internacional nesta semana.

Isso ocorre após uma decisão do governo de permitir que esses jogadores voltem para a quarentena, mas com exceções para deixar para treinar e jogar.

READ  ACC Football Championship Game Coverage 2020 e mais no ACC Network Weekend

A declaração dizia: “A FIFA saúda a decisão do governo do Reino Unido de permitir que jogadores totalmente vacinados representem seus países nas próximas eliminatórias da Copa do Mundo e retornem dos países da Lista Vermelha em condições de quarentena adequadas.

“Trabalhamos em estreita colaboração com o governo do Reino Unido, a Football Association e a Premier League para encontrar uma solução razoável que sirva aos interesses de todos. Acreditamos que a situação atual é muito melhor do que a que vimos em setembro.

“A FIFA acredita que este é um passo na direção certa. Ela agradece o apoio e a participação de todos os jogadores neste período difícil. No entanto, estamos cientes de que esta decisão não diz respeito a todos os jogadores, e continuamos determinados a melhorar a situação durante O próximo período Janelas internacionais e participação em discussões Explicar as muitas medidas que foram implementadas para reduzir o risco de transmissão de COVID-19 após a viagem.

“Somos a favor da vacinação contra a Covid-19 e apoiamos a posição da Organização Mundial da Saúde: o acesso seguro, justo e equitativo é essencial em todos os países. Os jogadores não devem ter prioridade na obtenção das vacinas.”

Fred já tuitou uma foto dele se juntando ao time, dizendo: “Estamos aqui para mais um desafio. Deus abençoe essa jornada.”

Ederson e Jesus devem se juntar a ele depois de jogar pelo City no domingo em seu empate divertido com o Liverpool.

Antes dessa partida, Pep Guardiola falou sobre a situação, dizendo: “Espero que eles possam ir para a seleção e voltar para nós. É o bom senso que vai acontecer. Então, precisamos da Premier League, dos governos daqui, Brasil e Argentina, onde quer que resolvam este problema. “E o alcançam.

READ  O Grêmio Masculino Sub-16 derrotou a Seleção Brasileira Feminina por 6 a 0 em uma partida por gênero

“Queremos que os nossos jogadores vão para a selecção nacional e os jogadores querem ir. Mas ao mesmo tempo, quando regressam, têm de jogar connosco. Não sei qual é a solução. É por isso que estão lá . Estamos lá quando o árbitro diz para começar o jogo. Não sei a solução. “

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *