Exportações de 10 milhões do Brasil para o mundo árabe cresceram 25,71%, para US$ 14,47 bilhões

A Câmara de Comércio Árabe Brasileira (ABCC) informou que as exportações do Brasil para os países árabes saltaram 25,71% para US$ 14,47 bilhões nos primeiros 10 meses (10 milhões) de 2022. As exportações passaram de US$ 11,51 bilhões em 2021 para US$ 14,47 bilhões de janeiro a outubro deste ano.

As exportações brasileiras para os Emirados Árabes Unidos aumentaram 46,53%, passando de US$ 1,76 bilhão nos primeiros dez meses de 2021 para US$ 2,577 bilhões em 2022. As exportações para a Arábia Saudita, por outro lado, tiveram um crescimento de 39,13%, de US$ 1,713 bilhão em 2020. 2021 para US$ 2,384 bilhões em 2022. 2022.

O Qatar testemunhou um aumento semelhante de 41,63% para atingir $ 339,05 milhões entre janeiro e outubro de 2022, em comparação com $ 239,39 milhões em 2021. Por outro lado, o Kuwait testemunhou um crescimento de 69,37%, de $ 155,58 milhões em 2021 para $ 263,5 milhões em 2021. em 2022, enquanto o Egito testemunhou um aumento de 72,13%, de US$ 1,320 bilhão para US$ 2,273 bilhões.

A balança comercial é positiva

Osmar Shehfi, presidente da ABCC, disse: “A balança comercial entre o Brasil e os países árabes manteve-se positiva durante os primeiros dez meses de 2022, o que reflete as fortes e crescentes relações comerciais entre os dois países. Nos próximos meses, esperamos outro aumento na demanda regional por produtos brasileiros devido a vários fatores, incluindo o aumento do turismo.

“O forte crescimento das exportações brasileiras evidencia a resiliência dos países árabes e sua capacidade de se recuperar e prosperar, mesmo em tempos de desafios do mercado global. A ABCC também busca estimular o comércio e explorar novos caminhos nas relações econômicas entre os dois países. Nesse sentido , o Brasil foi e continuará sendo um parceiro confiável para o mundo árabe”.

READ  À medida que os riscos climáticos se intensificam no Brasil, os candidatos às eleições oferecem poucas soluções

Houve também um aumento significativo nas exportações totais de carne bovina do Brasil para os países árabes entre janeiro e outubro de 2022, registrando um crescimento de 34,09% para US$ 936,9 milhões, ante US$ 698,7 milhões em 2021. US$ 235,22 milhões em 2022, enquanto a Arábia Saudita registrou um crescimento de 6,54%, para US$ 165,14 milhões, contra US$ 155,01 milhões.

Exportações para o Catar aumentam 91,27%

Por outro lado, enquanto o Catar registrou um aumento de 91,27%, de US$ 16,44 milhões para US$ 31,45 milhões, o Egito registrou um crescimento de 70,28%, atingindo US$ 340,32 milhões, ante US$ 199,86 milhões no mesmo período do ano passado.

Da mesma forma, os países árabes também tiveram um aumento de 33,02% entre janeiro e outubro de 2022 nas exportações brasileiras de carne de frango, de US$ 2,004 bilhões em 2021 para US$ 2,666 bilhões em 2022. Os Emirados Árabes Unidos tiveram um aumento de 49,48%, de US$ 537,46 milhões nos últimos dez anos. Topo. de 2021 para $ 803,41 milhões em 2022.

Enquanto isso, a Arábia Saudita registrou um aumento de 25,96% para US$ 719,46 milhões entre janeiro e outubro de 2022, em comparação com US$ 571,19 milhões no ano passado, enquanto o Egito registrou um crescimento de 36,42%, de US$ 44,11 milhões em 2021 para US$ 60,17 milhões. O Catar também testemunhou um aumento nas exportações de carne de frango do Brasil, registrando um crescimento de 66,71%, de US$ 106,76 milhões em 2021 para US$ 177,99 milhões em 2022.

Copyright 2022 Al-Hilal Group for Publishing and Marketing Fornecido por SyndiGate Media Inc. (Syndigate.info).

READ  Os diretores da Telecom Italia exigem decisão do CEO após £ 28 bilhões de aquisição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.