Engie Brasil Energia SA: está entre as cinco maiores empresas de energia renovável com relacionamento com startups

Maior empresa privada de energia do Brasil em geração de energia elétrica, marketing, transmissão, transmissão de gás, soluções de energia e infraestrutura, a ENGIE foi selecionada entre as cinco empresas líderes de energia renovável com relacionamento com start-ups, de acordo com um ranking dos 100 melhores abertos Plataforma de inicialização.

O resultado é uma confirmação do esforço que a Engy tem feito em promover iniciativas para fortalecer a cadeia de inovação no país, trazendo benefícios para a empresa e parceiros.

A inovação faz parte da estratégia da ENGIE e desempenha um papel crucial na transição para um mundo neutro em carbono. Ser reconhecido como um líder em inovação aberta que avança nossa visão de avanço da inovação por meio da colaboração. Na ENGIE, incentivamos a inovação por meio de programas internos, em todas as nossas unidades e equipes no Brasil e globalmente, por meio de parcerias com startups, universidades e outros agentes do ecossistema, afirma Mauricio Barr, CEO da ENGIE Brasil.

O CEO também faz questão de destacar a importância do esforço conjunto dos sócios e colaboradores da ENGIE. Desenvolvemos com sucesso uma ampla gama de idéias, opiniões e conhecimentos. Desta forma, desenvolvemos soluções inovadoras para tornar a ENGIE líder na transição energética, apoiar os nossos clientes nas suas transições energéticas e fomentar a inovação no ecossistema do qual fazemos parte.

A ENGIE também se destaca no apoio à cadeia de inovação por meio de chamadas de propostas de projetos em diversos setores, como energias renováveis, cadeia do gás natural, eficiência energética e soluções para cidades inteligentes. Outro foco no patrocínio de startups é projetado para ajudar a melhorar as operações e aprimorar a governança corporativa.

A inovação aberta tem sido um tema de crescente debate e incluída por organizações em seus planos de negócios, uma prática arraigada na cultura da ENGIE.

A plataforma 100 Open Startups responsável pelo ranking é pioneira e líder em inovação aberta na América Latina e publicou uma seleção das empresas que mais praticam inovação aberta com startups no país em 2020 com base em dados gerados pelo próprio mercado. Depois de assinar um número recorde de acordos entre empresas e startups, a plataforma agora inclui alguns dos maiores nomes.

READ  O Egito anuncia a descoberta de mais de 100 sarcófagos com mais de 2.500 anos; Imagens | Globalismo

Junto com a ENGIE, Raízen, Neoenergia, Solví e CTG estão entre as cinco maiores empresas na categoria de energia renovável.

Padrões
Na categoria energias renováveis, o ranking identificou 32 empresas que praticam a inovação aberta com startups no Brasil, 19 das quais incluem relacionamentos desenvolvidos com startups pela primeira vez no ano passado. Ao todo, 420 empresas do setor estabeleceram relacionamento comercial com 213 startups neste período, um aumento de 145% em relação à edição de 2020.
Juntas em 2021, as 420 relações empresariais foram responsáveis ​​por negociar diretamente negócios da ordem de R $ 52 milhões contra R $ 13 milhões em 2020. E o efeito spillover em termos de benefícios para ambas as partes e para o setor como um todo, certamente é muitas vezes maior do que Este montante. Em termos de parceiros, o grosso dos recursos foi alocado para IndTechs (22%), ProductivityTechs (18%) e AgriTechs (18%).

100 números de inicialização aberta

De acordo com pesquisas com 100 startups abertas, o número de startups abertas aumentou de 13.092 em 2020 para 18.355 em 2021. Paralelamente, também houve um crescimento no número de organizações que buscam ativamente esses pequenos negócios – de 2.825 para 4.982.

Mais uma vez, o número de relacionamentos anunciados aumentou de 13.433 em 2020 para 26.348 em 2021, um aumento de 96%. Em termos de empresas com acordos de inovação aberta com startups, o número saltou de 1968 para 3.334 – um aumento de 69%. Enquanto isso, o número de startups que desenvolveram relacionamentos corporativos aumentou de 1.310 em 2020 para 2.344 em 2021, um aumento ainda maior de 79%.

Grandes empresas têm sido responsáveis ​​pelo pioneirismo do movimento de inovação aberta com startups. No entanto, nos últimos anos, vimos o comprometimento de empresas menores e a representação de todas as cadeias de valor, e também começamos a buscar a inovação junto com as startups. Isso torna o jogo mais democrático e acessível ”, observa Bruno Rondani, CEO da 100 Open Startups. Por outro lado, a entrada de mais empresas em busca de relacionamento com startups também cria um mercado mais competitivo, além de criar mais oportunidades. Mais startups levam a mais programas de inovação aberta e mais inovação.

READ  Cavalos 'mágicos' da Espanha e de Portugal mais uma vez impressionaram as multidões no Festival Great Devon

Para maiores informações: https://www.openstartups.net/site/

Sobre Engy

Nosso grupo é referência mundial em energia e serviços de baixo carbono. Junto com nossos 170.000 funcionários, clientes, parceiros e partes interessadas, estamos comprometidos em acelerar a transição para um mundo neutro em carbono, reduzindo o consumo de energia e fornecendo soluções mais ecológicas. Inspirados por nosso objetivo (‘razão de ser’), reconciliamos desempenho econômico com impacto positivo nas pessoas e no planeta e construímos nossos negócios principais (gás, energia renovável e serviços) para fornecer soluções competitivas aos nossos clientes.
A ENGIE é a maior produtora privada de energia do Brasil, que atua na geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transmissão de gás e soluções de energia. Com capacidade instalada de 10.791 MW de 72 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade do país, a empresa tem cerca de 90% de sua capacidade instalada no país de fontes renováveis ​​e baixa emissão de gases de efeito estufa, como hidrelétrica, solar e usinas de energia, biomassa e parques eólicos.

Com a aquisição da TAG, a ENGIE passou a ter a maior rede de transporte de gás natural do país, com 4.500 km, abrangendo 10 estados e 191 cidades.

O grupo também está entre as maiores empresas de geração de energia fotovoltaica distribuída e possui um conjunto completo de soluções integradas com foco na redução de custos e na melhoria da infraestrutura corporativa e da cidade, como eficiência energética, iluminação geral e monitoramento e gerenciamento de energia. Com 3.000 funcionários, o faturamento da Engie no Brasil em 2020 chegou a R $ 13,3 bilhões.

Volume de negócios em 2020: 55,8 bilhões de euros. O grupo está cotado nas Bolsas de Valores de Paris e Bruxelas (ENGI) e está representado nos principais índices financeiros (CAC 40, DJ Euro Stoxx 50, Euronext 100, FTSE Eurotop 100, MSCI Europe) e índices não financeiros (DJSI World, DJSI Europe e Euronext Vigeo Eiris – World 120, Eurozone 120, Europe 120, France 20, CAC 40 Governance).

READ  Portugal. The Man e Quinn Christopherson se apresentam na noite de estreia na Feira Estadual do Alasca

Angie no brasil

A ENGIE é a maior produtora privada de energia do país, operando com uma capacidade instalada de 9.178,8 MW em 31 usinas em todo o Brasil e representando cerca de 6% da capacidade do país. O grupo tem 90% de sua capacidade instalada no país de fontes limpas, renováveis ​​e com baixa emissão de gases de efeito estufa, posição que tem sido reforçada pela construção de novos parques eólicos no Nordeste e por uma das maiores hidrelétricas do Brasil , Jirao (3750 MW). Localizada no rio Madeira, a Inge possui 40% de participação na operação.

O grupo também está presente no mercado de geração distribuída de energia solar e presta serviços relacionados à energia, engenharia e integração de sistemas, desenvolvendo sistemas de comunicação, segurança, iluminação pública e mobilidade urbana para cidades inteligentes, infraestrutura e indústria de óleo e gás. Com 2.100 funcionários, em 2017, a ENGIE registrou um faturamento de R $ 7 bilhões no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *